(The Shack). EUA, 2016. Direção de Stuart Hazeldine. Roteiro de John Fusco, William Paul Young, bsedo em livro de William P. Young. Produção de Brad Cummings e Gil Netler. Direção de Fotografia: Declan Quinn. Montagem de William Steinkamp. Música de Aaron Zignam. 12 anos, 132m. Cia Produtora: Summit Entertainment, Zucker Productions, Netter Productions. Distr. nos cinemas: Paris Filmes. Com Sam Worthington, Radha Mitchell, Octavia Spencer, Graham Greene, Amelie Eve, Emily Holmes, Gage Munroe, Ashley Olson, Lane Edwards, Megan Charpentier, Nels Lennarson

Gênero – Drama

Sinopse – Um homem sofre com a perda da filha, assassinada e violentada emu ma distante cabana, e deseja justice. Anos depois, ele recebe sinais divinos que o guiam para esse mesmo local e sua vida muda completamente.

Apreciação – Mais um drama de fundo religioso, como tem aparecido tantos ultimamente. Parece que o cinema B americano descobriu que existe um público que cultiva a religiosidade até nas telas dos cinemas. Este tipo de filmes, feitos ainda com baixos orçamentos, faz sucesso modesto nos Estados Unidos, mas aqui no Brasil atrai cada vez mais público. Esse “A Cabana” está se apresentando como um futuro campeão de bilheteria por conta do sucesso de público que teve o livro no qual foi baseado. Outra característica destes dramas religiosos é a longa duração – aqui são 134m – e elenco formado por atores do segundo time pouco conhecidos. Destaque para a atriz Octavia Spencer que já foi candidata ao Oscar.

Fique de Olho – Em uma grande atriz, mas que ainda não deu sorte de encontrar um papel a altura do seu talento, a inglesa Radha Mitchell.

Deixe seu comentário abaixo

Não Deixe de Conferir Essas DICAS Abaixo!!

COMPARTILHAR