O juiz Hélio de Figueiredo Mesquita Neto concedeu liberdade provisória ao homem suspeito de esfaquear a ex-companheira Michelle do Nascimento Santos, 36, na terça-feira (4).

“Verifico que, apesar de o indiciado ter sido detido em flagrante, inexiste fundamento para a decretação da prisão preventiva, pois evidência não há de que ele abalará a ordem pública, prejudicará a instrução criminal ou frustrará a aplicação da lei. Saliento, inclusive, que ele se encontra internado na Ala Vermelha do HUSE, entubado e em estado grave”, ressalta a decisão do juiz.

Na decisão, ele deve assinar termo de compromisso quando estiver recuperado. “Isto posto, com amparo do art. 310, III, do CPP, e diante da ausência dopericulum libertatis, CONCEDO LIBERDADE PROVISÓRIA SEM FIANÇA a ORLEI RICARDO FERREIRA, se por outro motivo não estiver preso e desde que assine termo de compromisso de comparecimento a todos os atos do processo, sob pena de revogação”, afirma o juiz de direito.

Várias pessoas filmaram o desespero da vítima depois que foi esfaqueada no pescoço e abdômen, o vídeo foi compartilhado nas redes sociais. As cenas fortes chocaram a população.

Entenda o caso

Michele do Nascimento Santos, 36, foi esfaqueada por um homem na tarde da terça-feira (4). A polícia acredita que o ex-companheiro é o autor do crime. A mulher foi jogada de um carro na rua e a população deu os primeiros socorros. Os golpes atingiram o pescoço e o abdômen. O estado de saúde dela é considerado grave. Michele passou por uma cirurgia e está internada na UTI do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

O suspeito tentou se matar momentos depois. Segundo a polícia, ele tomou veneno e tentou cortar a garganta e pulsos. Ele também está internado em estado grave no Huse e custodiado pela polícia.

Flagrante

Na tarde desta terça-feira (4), Michele do Nascimento Santos, 36, foi esfaqueada no conjunto Marcos Freire II, município de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e levada ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). O ex-companheiro é o principal suspeito.

A polícia iniciou a investigação para conseguir localizar o autor do crime. Um homem com as mesmas características do suspeito foi encontrado no cruzamento das ruas Rio Grande do Sul com Paraíba, no Bairro Siqueira Campos, em Aracaju. Ele tentou se matar tomando veneno, cortando a garganta e os pulsos.

O Samu informou que a mulher foi esfaqueada na região da nuca e abdômen. Ela está internada na área vermelha do Huse, onde ficam os pacientes em estado grave.

O estado de saúde do agressor também é considerado grave.

A mulher passou por uma cirurgia e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Com informações do G1

Deixe seu comentário abaixo