Aconteceu na manhã dessa quarta-feira na câmara de vereadores de Monte Alegre de Sergipe, uma reunião com beneficiários do projeto conhecido popularmente como “projeto das casas”.

A ideia inicial do projeto seria que os moradores não tivessem custo nenhum, apenas com cópias de documentos, porém não foi isso que aconteceu.  Há 8 anos atrás 426 famílias pagaram na época R$ 1.500,00 para obter sua casa própria, o tempo passou e até hoje nada aconteceu.

O coordenador da associação conhecido como “Cição” explicou para os beneficiários como se encontra a situação do projeto. Durante a fala do presidente beneficiários demostravam muita indignação devido ao tempo em que a situação se alastra.

Uma outra reunião ficou marcada para o dia 15 de março, onde a presidente da associação fará o sorteio dos terrenos aos beneficiários.

Um fato que chamou atenção foi quando o coordenador da associação responsável pelo projeto quis tirar o nome do deputado João Daniel do “meio”, foi aí que o vereador Henrique de João de Gogó se virou para a população e perguntou se no início do projeto foi usado o nome do então deputado.

O vereador também falou que o município na administração passada se comprometeu a realizar toda terra planagem e topografia onde em seguida podia ser entregue aos associados.

Em meio a reunião o mesmo vereador indagou sobre o porquê do município não ter enviado nenhum representante da secretaria de obras para dar alguma posição aos beneficiários. Um outro fato que chamou a atenção foi sobre a afirmação feita por Henrique em relação ao vereador Sergio de que o mesmo seria o possível líder da prefeita como já circulava nas ruas da cidade, porem o vereador Sérgio disse que não era líder e nem queria ser líder da prefeita na câmara.

Maycon Fernandes/Reportagem Soudesergiepe

Deixe seu comentário abaixo