setembro23 , 2021

    Mercado pet apresentou um crescimento expressivo durante a pandemia

    Veja também

    Duas mulheres são presas por tráfico no Sertão Sergipano

    Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º...

    Acusado de atirar em delegado se entrega na Bahia

    Wellington de Carvalho Bispo se entregou à polícia na...

    Adolescente de 14 anos e homem de 35 são executados a tiros

    Paulo do Nascimento Santos, 35 anos de idade e...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    São Paulo – SP 2/8/2021 – Os locais precisam sempre observar com rigor os protocolos de higiene e qualquer outra variável que envolva o material comercializado, ou serviço prestado.

    Inovação, lançamento de novos serviços e expansão comercial por meio de franquias proporcionaram o desenvolvimento deste segmento.

    O mercado pet foi um dos que mais cresceu durante a pandemia, colocando o Brasil em sexto lugar no mercado mundial, segundo dados do Euromonitor International. Dados divulgados pela da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) demonstraram que o Brasil é o terceiro maior país em população total de animais de estimação.

    “O Brasil conta com quase 140 milhões de animais de estimação. Destes quase 140 milhões, 54,2 milhões são cães, 23,9 milhões são gatos, 19,1 milhões são peixes, além de 39,8 milhões de aves”, relata Vininha F. Carvalho, editora da Revista Ecotour News & Negócios (www.revistaecotour.news).

    - Advertisement -

    Nas mudanças de hábitos de consumo e comportamento, as compras online e o desejo de aproveitar mais a companhia dos pets são os principais destaques. Cerca de 74% das pessoas fizeram mais compras por plataformas digitais e a maioria pretende manter esse hábito mesmo após a pandemia. Além disso, 73% conseguiu desfrutar mais tempo com os animais de companhia.

    Mesmo com incertezas econômicas, as previsões da Comac estimam que o mercado pet cresça dentro da sua base histórica de 15 a 18% em 2021, principalmente por conta do estreitamento de laços afetivos entre os tutores e os pets. O número corresponde a quase o dobro do crescimento mundial de 2020, que foi de 6,1%, segundo estimativas da Global Market Insights.

    Segundo o Instituto Pet Brasil, puxado pelo faturamento do pet food, o setor de produtos e serviços para animais de estimação deve chegar a um faturamento de R$ 46,5 bilhões em 2021. O mercado destinado aos animais de estimação está em plena ascensão. Desde nos pequenos pet shops espalhados pelos bairros, nas redes de franquias, hotéis e, até nas construtoras, os animais estão despertando uma atenção muito especial.

    Um case que retrata este cenário é um crescimento expressivo de 200% de uma rede de padaria para pets, a Padaria Pet que, não só triplicou seu tamanho, como também encontrou novas maneiras de inovar num mercado que só se expande. Pensando em trazer uma alimentação mais saudável para os peludos, a Padaria Pet acaba de lançar a linha de comida natural, em formato de latinha, com 280 gramas e livre de conservantes. Os produtos são ricos em fibras naturais e vitaminas.

    “Os locais precisam sempre observar com rigor os protocolos de higiene e qualquer outra variável que envolva o material comercializado, ou serviço prestado. O armazenamento correto de alimentos é de extrema importância. Em condições inadequadas, como o contato direto com o chão ou mesmo paredes, as rações podem sofrer com os efeitos da umidade. Essa prática pode levar à contaminação por microrganismos que comprometem a saúde dos animais”, salienta Vininha F. Carvalho.

    O empreendimento Vila Glória, entregue no mês de julho pela GT Building em Curitiba (PR) no Alto da Glória, se preocupou com os animais de estimação desde o início do projeto e proporciona uma estrutura completa de lazer. O pet place, uma ideia inovadora, fica num gramado com brinquedos, água e sacos plásticos para coleta higiênica. Isso garante aos tutores maior tranquilidade para passear com o pet em uma área segura e protegida, que permite que o animal possa brincar, se exercitar e, também socializar com outros pets.

    “Quando uma pessoa busca este segmento, espera ser bem atendida, encontrar produtos e serviços de qualidade, assim como receber uma demonstração de carinho e responsabilidade para com o seu animal de estimação”, conclui Vininha F. Carvalho.

    Website: https://www.revistaecotour.news