outubro16 , 2021

    Escolher a raquete certa é essencial para que iniciantes no tênis tenham bom desempenho no esporte

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    São Paulo 9/7/2021 –

    Escolher o equipamento correto desde os primeiros treinos no tênis é essencial para que os iniciantes no esporte tenham um bom desenvolvimento no decorrer da aprendizagem. Por isso, escolher a raquete certa é essencial.

    Escolher o equipamento certo faz parte da premissa de um bom atleta e isso é algo que deve ser aprendido desde os primeiros dias de treino esportivo. Para esportes de impacto e movimentação, como o tênis, essa escolha é ainda mais importante.

    Isso influencia porque a raquete, além de um item indispensável para a realização das jogadas, é essencial para gerar confiança ao atleta. Logo, é fundamental que o tenista iniciante faça uma escolha inteligente, considerando características do equipamento que tornarão os treinos mais empolgantes e otimizarão seu desempenho.

    - Advertisement -

    Tamanho, empunhadura, peso e características que compõem a raquete são elementos que interferem diretamente na jogabilidade do tenista. Aos iniciantes, então, esse tipo de detalhe pode ser o diferencial para determinar o seu sucesso no mundo do tênis ou se a atividade vai gerar frustação.

    Copiar de grandes nomes nem sempre é uma boa opção

    As fabricantes de raquete sempre possuem diversas linhas de equipamento entre as suas opções disponibilizadas aos atletas. Isso serve, justamente, para atender diferentes perfis de tenistas e, principalmente, oferecer o modelo ideal para cada estágio dentro do esporte.

    Uma maneira de compreender o que isso significa é pensar em tenistas de alto nível. Um iniciante pode, sim, começar a praticar o tênis com uma raquete idêntica à de Roger Federer, um dos maiores expoentes do esporte atualmente. Mas, isso não quer dizer que o amador terá o mesmo desempenho que o profissional.

    As raquetes para jogadores mais experientes possuem características e tecnologia que otimizam determinadas ações dentro de quadra, normalmente se adequando ao perfil de jogo daquele tenista. Os jogadores iniciantes, entretanto, ainda precisam descobrir qual é o seu ritmo e o seu método de jogo, para poder se familiarizar com o equipamento e, aí sim, melhorar o seu desempenho.

    Dessa forma, a escolha da raquete parte de compreender qual a necessidade atual do tenista para que ele consiga escolher a que mais o interessa dentro das opções de marca disponíveis no mercado.

    O que deve ser considerado nas raquetes para iniciantes

    As características de uma boa raquete para iniciantes devem considerar peso e empunhadura, principalmente, sendo que outros detalhes também podem influenciar na escolha de um modelo ideal.

    Sendo assim, o primeiro ponto a se analisar, é o grid. É chamado de grid o cabo da raquete, aquele espaço onde o tenista segura o equipamento. Esse espaço deve ter o tamanho correto, sem ser grande ou pequeno demais, de modo que a empunhadura da raquete se torne confortável para a pegada do atleta.

    Grid

    Grids de tamanho incorreto prejudicam o desempenho do tenista, considerando que cabos finos ou grossos demais tendem a escapar da mão por falta de firmeza. Entretanto, indo além dessa especificação, o tamanho errado também pode gerar problemas físicos, prejudicando todo o braço do atleta.

    A maneira mais correta de identificar se o grid da raquete tem o tamanho correto é segurando-a. O indicador deve ficar justo no cabo e a mão deve estar confortável na pegada. Normalmente, os iniciantes se sentem mais seguros com os tamanhos L2, L3 ou L4.

    Cabeça da raquete

    O tamanho da cabeça da raquete também interfere no desempenho do atleta e, consequentemente, os iniciantes têm um modelo ideal que serve, justamente, para otimizar o seu início nas quadras.

    Para eles são indicadas raquetes grandes, de 100 polegadas para cima. Esses equipamentos não dão tanta velocidade à bola, permitindo que o tenista tenha maior controle a cada jogada.

    Peso

    Raquetes muito leves tendem a dificultar o controle da bola, justamente pela velocidade que podem alcançar a cada movimento. Por isso, para os iniciantes são indicados os modelos que vão de 285 a 310 gramas.

    Tensão do encordoamento

    O encordoamento, ou a maneira como as cordas estão fixas à raquete, também influencia no controle e na precisão de cada jogada. Quando as cordas estão mais apertadas, com a tensão alta, cada toque de bola se torna mais ágil. Já quando o encordoamento está mais solto, há menos velocidade.

    Para os iniciantes, é mais simples jogar com bolas mais lentas, principalmente até se familiarizar mais com o equipamento, com o padrão 18×20. A partir daí, vale a pena ajustar a tensão das cordas e aumentar a potência de cada jogada.

    Algumas sugestões de raquetes para iniciantes

    Como dito, todas as principais marcas de equipamentos para tênis possuem linhas que são voltadas para os atletas iniciantes. Suas raquetes são desenvolvidas considerando os detalhes citados anteriormente, que servem para melhorar o desempenho do tenista novato dentro de quadra, colaborando para que ele se sinta mais seguro e confortável com a prática do esporte.

    Vale a pena conferir algumas sugestões de raquetes que são especialmente criadas para atender as necessidades dos iniciantes, com as características que otimizam a sua atuação.

    Iniciante ao intermediário

    Alguns modelos podem acompanhar o tenista desde o nível iniciante até o intermediário, considerando que as suas características são favoráveis para começar e se familiarizar no esporte. Elas são:

    Alta rigidez e cabeça de mais de 100 polegadas, um tamanho relativamente grande e que favorece as rebatidas.
    É possível encontrar itens com preço atraente para quem deseja um equipamento de qualidade, sem ter que investir uma cifra muito alta inicialmente.

    Conforto e estabilidade

    Outra característica importante para garantir um ótimo desempenho dentro de quadra, é que a raquete seja confortável para tenistas de diferentes níveis.

    Elas devem ser altamente estáveis a cada impacto, proporcionando mais segurança a cada rebatida, o que garante mais segurança para os tenistas iniciantes. O peso de 300 gramas também favorece a movimentação.

    Modelos simples e que funcionam bem

    Outra sugestão para iniciantes é procurar um modelo com características totalmente seguras e que não geram tanto impacto. De uma forma mais simples, uma raquete para quem ainda não deseja se arriscar muito dentro de quadra e só quer bater uma bolinha despretensiosa.

    Escolha um modelo com a cabeça bem grande, o que favorece a precisão das jogadas e o controle de velocidade.

    Website: https://www.boladetenisdelivery.com/