fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Modernização de pequenos negócios é o caminho para o pós-pandemia

São Paulo, SP 13/7/2021 – O processo de modernização de uma empresa é essencial para que a mesma continue no mercado.

Diversos negócios surgiram durante os anos de 2020 e 2021 como solução para a crise financeira causada pela pandemia. Pequenas e médias empresas precisam estar atualizadas para garantir seu espaço no mercado.

Os anos de 2020 e 2021 foram marcados na história por causa da pandemia de COVID-19. Devido ao cenário negativo, duvidoso e caótico, diversas pessoas perderam os seus empregos ao redor do mundo, principalmente no Brasil. Para conseguir lidar com esse problema totalmente inesperado, o empreendedorismo foi uma das saídas encontradas por essas pessoas. Agora, com um horizonte melhor, é necessário manter os seus negócios funcionando e essa tarefa não será fácil.

A maioria das empresas que surgiram nessa época só conseguiu seu espaço devido à Internet. Essa grande aliada de novos negócios surgidos na pandemia pode ser considerada uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo em que aumenta de forma drástica a visibilidade de marcas ao redor do país, também gera uma demanda quase instantânea e caso essa demanda não seja suprida, ela pode refletir de maneira negativa para a empresa.

De acordo com o pesquisa realizada pelo Sebrae (pesquisa Sobrevivência de Empresas 2020), cerca de 30% dos MEIs (micro empreendedores individuais) encerram seus negócios em até 5 anos de existência. Esse número é atingido por diversos pequenos problemas: organização financeira, falta de investimento e planejamento geral. Apesar de não ser algo que assuste no começo, a falta de investimento em tecnologia para auxiliar na produção é um fator determinante que impede o crescimento de diversas empresas.

Um exemplo simples desse tipo de caso são as distribuidoras de sorvete. Muitas vezes a produção inicia com poucas pessoas ou até mesmo uma só. Conforme o negócio vai crescendo, é necessário automatizar o processo para atender a demanda. Para evitar gastos, que deveriam ser considerados como investimento, diversos empreendedores continuam fazendo tudo manualmente. Isso gera um gargalo na produção e ao longo do tempo fará com que novas oportunidades sejam perdidas, diminuindo seu faturamento e muitas vezes fechando um negócio promissor. Os pequenos e médios empresários que vão na contramão desse pensamento, normalmente quebram a barreira dos cinco anos que o Sebrae informa.

A Registron, empresa do ramo de automação industrial, conhece diversos casos de empreendedores que cresceram muito depois de modernizar o processo da empresa. De acordo com Dagoberto Lopes do Amaral, sócio-proprietário, esse é um passo importante para qualquer empresa que deseja se estabilizar no mercado: “O processo de modernização de uma empresa é essencial para que a mesma continue no mercado. Ao longo dos 35 anos da Registron já vimos diversas empresas se renovarem e encontrar novos patamares. Nossa maior felicidade é fazer parte desse processo”.

Para o ano de 2022 a expectativa é um cenário muito mais tranquilo para a economia. Entretanto, esse será um momento de provação para os pequenos negócios que surgiram. As grandes empresas voltarão a realizar grandes investimentos, fazendo assim com que uma grande parte dos consumidores atendidos pelos pequenos e médios negócios volte a sua atenção para eles. A aposta para se manter em visibilidade é a utilização dessas novas tecnologias que auxiliarão na produção.

“Eu não tenho dúvida de que quem se modernizar conseguirá uma maior visibilidade e uma maior tranquilidade para manter o seu negócio ativo. A tecnologia aliada a um bom produto ou serviço é o suficiente para se destacar no mercado atualmente, mesmo ele sendo extremamente competitivo”, afirma Dagoberto ao analisar como o mercado vem se comportando nos últimos anos.

Website: http://www.registron.com.br

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação