outubro26 , 2021

    Bayer lança minissérie sobre o potencial do carbono na agricultura brasileira

    Veja também

    URGENTE: Motorista de ambulância sofre atentado no município de Maruim

    De acordo com informações, na manhã desta terça-feira, um...

    Polícia Civil inicia investigações sobre supostos maus-tratos contra animais em Aracaju

    Após denúncias encaminhadas à Delegacia de Proteção Animal e...

    Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

    Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos...

    Foram registrados 18 novos casos de Covid-19

    A Secretaria de Estado da Saúde, através do boletim...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    30/7/2021 –

    Iniciativa visa mostrar como o setor tem o potencial de ajudar na solução das mudanças climáticas

    Um movimento pioneiro na agricultura está conectando produtores rurais brasileiros, pesquisadores, startups e indústrias de diversos segmentos, formando um ecossistema que começa com o carbono presente no solo. Este é o tema da nova minissérie da Bayer, “Carbono: a evolução da agricultura sustentável”. A série,  que estará disponível no canal do YouTube da empresa, mostra, em quatro episódios, como o agro tem o potencial de ajudar na solução da crise climática, por meio da adoção de práticas agronômicas sustentáveis e o papel da iniciativa Carbono Bayer nesse contexto.

    O primeiro capítulo da minissérie, “Aquecimento Global: o solo como solução”, destaca como a agricultura pode e deve, ao mesmo tempo, reduzir a emissão de gases para atmosfera, além de retirar e estocar parte desses gases no solo. “Queremos mostrar que o Brasil tem uma oportunidade enorme para ser protagonista  neste cenário global. Segundo a FAO, agência da ONU para Alimentação e Agricultura, o setor tem condições de neutralizar mais de 25% de todo o carbono que a humanidade emitiu nos últimos 25 anos”, comenta Fábio Passos, diretor do Negócio de Carbono da Bayer para a América Latina.

    - Advertisement -

    Os episódios contam com participações de produtores rurais de diferentes partes do Brasil e que fazem parte da iniciativa Carbono Bayer, além de instituições parceiras, como a Embrapa, Aprosoja/MS e ESALQ/USP, reforçando como a Bayer, com base em trabalho colaborativo, está construindo um ecossistema de carbono — viabilizando um modelo economicamente atrativo, no qual a sustentabilidade é indispensável e em que diferentes atores se conectam e criam soluções que vão além da cadeia agrícola.

    “Hoje, não podemos pensar em agricultor fora do espaço do consumidor. A descarbonização da atmosfera tem que ser um objetivo comum aos dois. Junto com a Bayer, nós, como agentes desta cadeia, temos que abraçar esta causa, porque é por aí que nós vamos fazer a sustentabilidade do agronegócio brasileiro ser reconhecida no mundo”, comenta Alysson Paolinelli, presidente executivo Abramilho e um dos participantes da série.

    Com mais três vídeos, que serão lançados em agosto e setembro no canal do YouTube da Bayer, a inciativa abordará os temas: “Combinando ciência, conhecimento e cocriação”; “Digitalização: a chave para um novo mercado”; e “Sustentabilidade como modelo de negócio”.

    Sobre o PRO Carbono

    Recém-lançado pela Bayer, o PRO Carbono, programa parte da iniciativa Carbono Bayer, é mais um passo da companhia rumo à construção de uma agricultura carbono neutro. A partir de programas como este, os agricultores podem ser recompensados não apenas pelo que e quanto produzem, mas também pela forma como produzem. Os participantes da iniciativa devem implementar práticas de manejo que possibilitem o aumento da retenção de carbono no solo e de produtividade. Em contrapartida, podem usufruir de benefícios como: análise de fertilidade e de carbono do solo, acesso a conteúdos e profissionais que são referência no tema e suporte de uma consultoria técnica.

     

    Mais informações estão disponíveis no site do programa PRO Carbono.

    Website: http://www.bayer.com.br