outubro26 , 2021

    Inteligência Emocional ajuda no sucesso do mundo corporativo, diz especialista

    Veja também

    URGENTE: Motorista de ambulância sofre atentado no município de Maruim

    De acordo com informações, na manhã desta terça-feira, um...

    Polícia Civil inicia investigações sobre supostos maus-tratos contra animais em Aracaju

    Após denúncias encaminhadas à Delegacia de Proteção Animal e...

    Preços de gasolina e diesel aumentam hoje nas refinarias

    Os preços da gasolina e do óleo diesel vendidos...

    Foram registrados 18 novos casos de Covid-19

    A Secretaria de Estado da Saúde, através do boletim...

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    São Paulo – SP 28/7/2021 – A capacidade de administrar os próprios sentimentos, a fim de compreender os gatilhos emocionais, pode corroborar com a construção de relações mais saudáveis

    Característica pode ajudar empreendedores, colaboradores e líderes na superação de desafios e na tomada de decisões importantes; para executivo, todo ambiente corporativo tende a melhorar com equipe mais equilibrada emocionalmente

    A empatia, a automotivação, o controle das emoções e o desenvolvimento de um bom relacionamento interpessoal são alguns dos pilares que definem a Inteligência Emocional. E, diferentemente do que muitos imaginam, estas características podem ditar o sucesso no mundo corporativo. 

    Ao menos é o que indica o psicólogo americano Peter Salovey, de 63 anos. O especialista, reconhecido academicamente por ter criado o conceito de Inteligência Emocional, conta com mais de 30 anos de estudos na área e afirma que para se ter uma boa carreira, o desenvolvimento destas habilidades é indispensável. 

    - Advertisement -

    Uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento britânica PageGroup, que tinha como intuito avaliar habilidades comportamentais valiosas para os líderes, confirma a afirmação de Salovey. O resultado apontou que, para 42,9% dos líderes, a Inteligência Emocional era importante – atributos como comunicação assertiva e trabalho em equipe aparecem na sequência. 

    Inteligência Emocional no empreendedorismo

    Para Paulo Costa, executivo de vendas e trade marketing da Odontoclinic, a Inteligência Emocional é necessária em diversas esferas do campo profissional, sobretudo no que tange ao empreendedorismo. “A capacidade de conhecer e administrar os próprios sentimentos, a fim de compreender os gatilhos emocionais, pode corroborar com a construção relações mais saudáveis, tanto interpessoais quanto com equipes”, diz.

    Costa também reforça a importância da Inteligência Emocional diante dos diversos desafios, obstáculos e tomadas de decisões que surgem no caminho do empreendedorismo. “Preocupações, ansiedade e até momentos de estresse fazem parte da rotina de um empreendedor. Ao desenvolver este lado mais racional, podemos ser mais equilibrados e, com isso, ter uma média positiva de todas as emoções”, explica.

    Lidando com adversidades

    Pessoas com Inteligência Emocional, ainda segundo Costa, têm maior resiliência e facilidade para lidar com problemas. “Ter inteligência emocional para compreender os aspectos da psique é essencial para se manter no mercado sem tantas dificuldades devido aos conflitos”, explica. Por isso, a Odontoclinic, rede de franquias odontológica, trouxe esta pauta a seus colaboradores e franqueados. 

    “Realizamos conversas, workshops e incentivamos o cuidado emocional. Criamos esse processo para ajudar no entendimento de quaisquer questões que podem impactar a rotina de gestores, franqueados e colaboradores. Nosso objetivo é trazer mais oportunidades de aperfeiçoamento, assim como proporcionar uma rotina mais tranquila e assertiva”, finaliza. 

    Para saber mais, basta acessar: https://www.franquiaodontoclinic.com.br/

    Website: https://www.franquiaodontoclinic.com.br/