CidadesLagarto

Ação conjunta identifica investigados por homicídio contra mulher em Lagarto

Investigações da Delegacia Regional de Lagarto identificaram dois investigados por um homicídio praticado no dia 29 de maio, no  povoado Jenipapo, na Zona Rural de Lagarto. Uma mulher foi atingida pela dupla e morreu. Com o apoio operacional do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) foi localizado, nesta terça-feira (31), Regiclei de Menezes, mais conhecido como “Didio”. As buscas seguem para chegar ao outro envolvido no crime.

De acordo com o delegado Paulo Cristiano, os dois invadiram um residencial e fizeram diversos disparos de arma de fogo contra os moradores. “Uma moça morreu em decorrência de dois disparos que a atingiram na cabeça. A Polícia Civil iniciou as investigações e de imediato identificou que um dos autores já tinha mandado de prisão por tentativa de homicídio e contra ele há vários inquéritos por tentativas de homicídio e atualmente chefiava o tráfico de drogas no povoado Jenipapo, em Lagarto”, detalhou.

Nesta terça-feira, o investigado foi encontrado. “Montamos uma operação com a participação de policiais militares do 7º BPM e da Delegacia Regional de Lagarto. Os policiais foram até o povoado Gravatá, em Itaporanga D’Ajuda e identificaram a casa do investigado. Foi dada a voz de comando para que ele entregasse. Mas ele reagiu e atirou contra os policiais”, informou.

O investigado foi atingido e socorrido para o Hospital Universitário de Lagarto, mas não resistiu e morreu.  “Com ele, foram apreendidos 200 ampolas de cocaína, meio quilo de maconha e uma arma de fogo revólver calibre 32 usado na ação desta manhã e provavelmente usado no crime da madrugada domingo. As investigações serão mantidas para chegar aos outros envolvidos ”, pontuou.

Você pode gostar

Comments are closed.