José Aldo não terá boas memórias do UFC Rio 8, evento que foi realizado na madrugada deste domingo (4). Isso porque o ‘Campeão do Povo’ perdeu cinturão dos peso-pena (66 kg) para Max Holloway após ser nocauteado no segundo round.

Foi um verdadeiro balde de água fria na festa que estava preparada para no Rio de Janeiro. Após vários brasileiros vencerem nas primeiras lutas do UFC 212, a principal delas reservou um final triste para os fãs que lotaram a Jeunesse Arena neste sábado (3). José Aldo foi nocauteado por Max Holloway no terceiro round e perdeu o cinturão dos penas (66 kg). Agora o Brasil possui apenas um título do maior torneio de MMA do mundo, com Amanda Nunes.

Foi um final frustrante para uma noite com muita festa da torcida brasileira. Enquanto Aldo chorou muito e não conseguiu sequer falar após a derrota, Holloway não escondeu a enorme empolgação de conquistar o título que mais desejava justamente em solo brasileiro.

“Brasil, vocês me mostraram muito amor. Eu lutei contra um compatriota e eu só senti amor. Dana White, eu quero meus 50 mil dólares. Obrigado, pessoal. Tenham uma boa noite”, disse o americano ainda dentro do octógono, pedindo pelo bônus de performance da noite.

A luta

Com a torcida em êxtase e apoiando muito o brasileiro, os atletas iniciaram o combate com bastante estudo. Dividindo o centro do octógono, eles demoraram mais de dois minutos para realmente entrarem em ação. E os primeiros movimentos efetivos foram favoráveis a Aldo, que encaixou bons golpes e levantou ainda mais os fãs presentes. Mesmo com envergadura menor, o campeão foi melhor na trocação nos primeiros cinco minutos.

Na segunda parcial, Holloway encontrou melhor a distância e equilibrou bastante o confronto. Aldo, por sua vez, ficou o round inteiro sem utilizar uma de suas principais característica: o chute. No finalzinho, o americano provocou, abriu os braços e o brasileiro encaixou uma boa combinação. Mas o balde de água fria veio no terceiro assalto.

Após uma boa combinação de Holloway, Aldo sentiu o golpe e levou o knockdown. Com o americano por cima, Aldo lutou bastante para se livrar do ground and pound do adversário, mas não deu. Faltando pouco menos de um minuto para o fim da parcial, o árbitro central encerrou o duelo e deu a vitória a Max Holloway, o novo detentor do cinturão linear do penas. O anúncio do resultado foi feito com José Aldo aos prantos.
Fonte:MSN/ Notícias

Izaque Vieira/ Redação Sou de Sergipe

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR