outubro16 , 2021

    Amor ao próximo: pandemia não paralisa trabalho de voluntários

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    Com a pandemia da COVID-19, muitos problemas sociais ficaram potencializados; pessoas em situação de rua, por exemplo, não podem mais contar com as doações de comércios ou com a ajuda de pessoas ligadas a estes. Sendo assim, essa é a hora de voluntários prestarem solidariedade e empatia para aliviar sofrimentos e auxiliar a humanidade a passar por mais está crise.

    O grupo Juntos Somos Mais Fortes, junto com a Casa de Caridade Ogum Beira-Mar estão arrecadando fundos e alimentos para a doação semanal de 100 quentinhas com refrigerantes, e para a montagem de kits de higiene para as pessoas em situação de rua.

    Com o novo pico da Covid-19, um momento delicado e de muitas restrições, os voluntários vão as ruas com todos os EPIs necessários, e utilizando sempre o álcool em gel. Segundo a voluntária Raquel Santana “precisamos colocar o egoismo de lado, nos proteger com todas as medidas de segurança e ajudar sim aqueles que estão desamparados, sem ter o que comer”.

    - Advertisement -

    O idealizador do Projeto e também dirigente espiritual, Rhuan Costa deixa claro que qualquer pessoa pode participar. “Todos estão convidados a fazer parte desta corrente do bem. A situação tem ficado cada dia pior para quem vive nas ruas. As vezes a alimentação que levamos é a única em vários dias, e você pode ajudar a transformar este cenário. Nos ajude a ajudar centenas de pessoas, porque Juntos Somos Mais Fortes”.

    O grupo está arrecadando embalagens de isopor para colocar as refeições, salsicha, refrigerantes e sucos de 250ml, macarrão, cuscuz e alguns itens de higiene pessoal. Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo telefone (79) 99191-6053 ou pelo Instagram @casadecaridadeogum.

    Bruna Cury

    Assessoria do grupo Juntos Somos Mais Fortes