SOUDESERGIPE - FRAUDE NO CEMITERIOApós uma ação de reintegração de posse ajuizada pela prefeitura municipal de Monte Alegre, o juiz da comarca de Nossa Senhora da Glória, em audiência com as partes envolvidas, pôs um fim na polêmica que envolve o cemitério do município.

O senhor Edmilson Canuto Pereira desocupará a área de 6.364,00 m² (seis mil trezentos e sessenta e quatro) pertencente ao município de Monte Alegre nos próximos dias.

Há 34 anos que o ex-prefeito se apossava das terras que, na época, seria destinada para a construção do cemitério público. A necrópole foi construída sob suspeita de fraudes que foi descoberta três décadas depois.

O verdadeiro documento foi apresentado durante sessão na câmara de vereadores depois de uma denúncia do Portal do Soudesergipe em novembro de 2014.

A família do Senhor Edimilson chegou a apresentar uma escritura das respectivas terras que afirmava o contrário do que estava no documento oficial.

Por conta disso, a prefeitura ajuizou uma ação de reintegração de posse. O processo durou mais de um ano e teve o feito extinguido com a resolução do mérito na manhã da última quinta-feira (04).

Em 28 de junho de 2016, o Portal Soudesergipe voltou a Monte Alegre, após denuncia de familiares que tiveram que enterrar um ente querido do lado de fora do cemitério  – Entenda o caso << Clique Aqui >>

Maycon Fernandes/Reportagem Soudesergipe

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..