fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Atlas da Violência 2020: Ipea aponta redução de 13% nos homicídios em Sergipe

Os dados são referentes ao comparativo feito entre os anos de 2017 e 2018 nos estados brasileiros.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) confirmou a redução no número de homicídios em Sergipe. De acordo com o Atlas da Violência 2020, publicado pelo Ipea, entre os anos de 2017 e 2018, houve uma queda de 13,3% na incidência desse tipo de crime no estado. Os casos contabilizados pelo Ipea são baseados no Sistema de Informação sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde (SIM/MS), que compreendem ao menos 27 tipos de mortes.

O resultado verificado pela instituição atesta a eficácia do trabalho integrado entre as Polícias Civil e Militar, assim como do planejamento estratégico realizado pelo Governo de Sergipe por meio da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Segundo o levantamento feito pelo Ipea, enquanto que, em 2017, Sergipe registrou 1.313 homicídios, no ano seguinte, 2018, esse número foi de 1.133 casos desse tipo de crime no estado. Os dados apontam uma queda de 13,7% no número de homicídios. Já no tocante à taxa de homicídios por 100 mil habitantes, em 2017, essa foi de 57,4%. Ao passo que no ano seguinte, foi de 49,7%, uma retração de 13,3%.

O secretário da Segurança Pública de Sergipe (SSP), João Eloy de Menezes, ressaltou que o resultado positivo, confirmado pelo Ipea, deve ser celebrado, mas que as polícias continuam atuando para que a queda no número desse tipo de crime seja ainda maior. “Estamos atentos às demandas de todo o estado no que concerne à segurança pública. Constantemente avaliamos os índices e indicadores sobre as ações criminosas no nosso estado. Nossa prioridade é a preservação de vidas”, frisou.

João Eloy atribuiu o resultado ao trabalho das instituições que formam a SSP. O secretário destacou também as ações desenvolvidas de forma integrada entre as polícias. “Essa queda no número de homicídios passa pelo trabalho preventivo realizado pela Polícia Militar, pelo esforço de investigações das delegacias da Polícia Civil, pelos investimentos na Perícia, que apresentou melhorias nos últimos anos”, salientou.

“Constantemente fazemos reuniões para mapear os locais que demandam mais atenção da segurança pública. Então, traçamos planejamento e realizamos ações para a melhoria da segurança da população”, complementou.

Fonte: Governo do Estado.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação

Política de Privacidade e Cookies