20-semanasaborto

A decisão foi tomada durante julgamento de um habeas corpus em favor funcionários e médicos de uma clínica de abordo em Duque de Caxias (RJ). Em 2013 o Supremo usou da mesma justificativa para legalizar de forma indireta o casamento entre pessoas do mesmo sexo no País, em uma decisão que deveria ser tomada pelo Poder Legislativo.

De acordo com as estatísticas o número de aborto no Brasil chega a 1.000.000, 1.500.000 abortos/ano, mas com a legalização liberada pelo STF esse número pode aumentar.

O aborto pode deixar sérias consequências tanto físicas quanto emocionais para o resto da vida. Na parte física, o aborto pode causar até mesmo a morte da mãe. Hemorragia, infecção uterina e infertilidade são complicações comuns em abortos clandestinos. Mesmo nos abortos realizados em hospitais (nos casos em que são permitidos pela lei) ainda há riscos, além das consequências emocionais.

No dia de ontem quando o mundo inteiro estava estarrecido com a notícia de que o avião do clube Chapecoense havia caído, o STF decide aumentar o número de mortes no Brasil, isso mesmo, pois no primeiro mês é formado um embrião minúsculo que irá crescer rapidamente, o coração também começa a bater no primeiro mês.

Quem deveria fazer com que as leis sejam cumpridas, agora se mostra a favor dos infanticidas, verdadeiros criminosos, pois o sangue de milhares de inocentes caíra sobre as mãos de quem deveria nos proteger. Em um país onde e protesta por 30 centavos, em favor da vaquejada, entre outras coisas que pode ser considerada muito menos importante, pois a vida é o maior bem que o ser humano pode ter; agora cruza os braços.

Nunca antes o clichê “ É fácil ser a favor do abordo, quando você já teve a oportunidade de nascer”, fez tanto sentido.

Muito obrigado ao STF por legalizar o aborto, vocês fazem parte dos INFANTICIDAS (Assassinos de crianças).

Maycon Fernandes/Reportagem Soudesergipe

Fique agora com imagens do youtube e continue a favor do aborto:

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..