Sob coordenação do Delegado Regional de Glória JORGE EDUARDO, Policiais Civis desenvolveram uma investigação que apontou o deficiente físico ÁLVARO SANTOS GOES, o “CADEIRA”, como autor de tráfico de drogas e responsável por introduzir objetos ilícitos no presídio local (PRESLEN).

 

Na tarde dessa sexta-feira, 29 de dezembro de 2017, foi deflagrada a operação para coibir as práticas delitivas do suspeito, o qual foi flagrado com um tablete de MACONHA PRENSADA, dinheiro da venda dos entorpecentes, celulares, substância usadas para mistura com COCAÍNA, embalagens e uma balança de precisão. Durante a operação foram detidos dois usuários que foram ouvidos e liberados.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.