Uma candidata a vereadora pela cidade de Guajará-Mirim, no interior de Rondônia, descobriu, de última hora, que fez toda a sua campanha eleitoral baseada em um número errado.

sds-eleicoes-urna

Segundo a GloboNews, ela teria chegado ao colégio eleitoral para votar e, ao digitar o número de campanha, foi surpreendida com a mensagem na urna que dizia que o número era inexistente. A informação foi confirmada mais tarde quando a candidata, que não teve sua identidade revelada, recorreu ao cartório eleitoral do município e foi informada que o número registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) era diferente.

Segundo o TRE, os votos destinados ao número de campanha da candidata foram todos anulados automaticamente. Assim, os três meses de campanha foram todos em vão, uma vez que, nem o próprio voto, a candidata conseguiu obter, graças a um descuido.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

FONTEO Popular
COMPARTILHAR