Nesta segunda-feira (9), após reunião com o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Antônio Avelino Neiva, o líder no Congresso Nacional, André Moura (PSC-SE), foi informado que a equipe de licitações da companhia já começou a analisar as propostas das empresas que se habilitaram a executar o projeto básico dos primeiros 114 quilômetros do Canal Xingó.

Dentro desta primeira etapa de 114 quilômetros, o processo será dividido em duas fases. A primeira delas, que contempla os primeiros 50 quilômetros do canal, deverá ser finalizada em até seis meses, o que permitirá que uma das emendas de bancada para o próximo ano possa ser destinada ao início das obras do projeto. Neste trecho, o projeto iniciará em Paulo Afonso (BA) e irá até Curituba, em Canindé do São Francisco (SE). Em um segundo momento, com mais 64 quilômetros, a obra chegará até o município de Poço Redondo (SE) e o projeto básico deverá ser executado em até quinze meses. Dos 114 quilômetros totais da primeira fase do projeto, 75 quilômetros do canal serão dentro do estado de Sergipe.

Ao longo do caminho desta primeira fase, serão atendidos moradores de 54 assentamentos, todos regularizados. Destes, 41 estão concentrados em Sergipe. Quando finalizado, o Canal Xingó será uma obra de 290 quilômetros de extensão, que levará mais infraestrutura e desenvolvimento ao povo sergipano.

Além disso, André recebeu ainda outra importante notícia do presidente da Codevasf. Antônio Neiva assegurou ao líder que, passados os seis primeiros meses e finalizado o projeto básico dos 50 quilômetros iniciais do Canal Xingó entre Paulo Afonso (BA) e Canindé do São Francisco (SE), a Codevasf realizará nova licitação para o projeto executivo e início das obras deste trecho e, segundo ele, estes 50 quilômetros devem ser construídos em até três anos em virtude da irregularidade do terreno.

André comemorou as novidades. “Temos lutado e trabalhado muito para viabilizar o início deste sonho de todos nós sergipanos que é o Canal Xingó. A Codevasf tem atendido a todos os nossos pedidos e o esforço que tenho empenhado começa a ser recompensado agora. Hoje, o Canal Xingó começa a sair do papel para se tornar realidade”, declarou o líder.

Histórico

Em março deste ano, o governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB/SE) foi recebido pelo líder André, na Liderança do Governo no Congresso, e solicitou sua intervenção na captação de recursos para a construção do Canal. Prontamente, dentro do espirito republicano, o líder aceitou intermediar o pleito, juntamente com a bancada federal e dias depois em reunião com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e com o presidente Michel Temer, os recursos na ordem de R$ 20 milhões foram garantidos.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários