Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

CONCURSO EM GLÓRIA: Atraso na abertura dos portões gera polêmica

Foram mais de 20 mil inscritos com o número de 199 vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade em várias secretarias. O que deve ter gerado uma boa renda para as empresas que promovem os famosos cursinhos, para a própria realizadora (Amiga Publica) do concurso, como também para os cofres do município.

Tudo ia conforme o planejado pelos concurseiros. Caneta, garrafa de agua na mão e uma grande expectativa para a abertura dos portões. Porém não foi bem isso que aconteceu.

As provas que foram aplicadas na manhã do domingo, tiveram as maiores reclamações devido ao enorme atraso na abertura dos portões. Para alguns concurseiros, o grande atraso, mais de uma hora para ser preciso, acabou prejudicando quem chegou cedo e beneficiando os que chegaram atrasados.

Não fosse o bastante, várias pessoas reclamaram da falta de esclarecimentos por parte da empresa responsável pelo concurso em relação ao atraso na abertura dos portões.

Um outro questionamento feito pelos concurseiros foram as perguntas das provas, que tiveram os mais variados e pitorescos destaques. Como quais bandas tocaram em uma festa.

A Amiga Publica vem se tornando alvo de várias críticas na maioria das cidades nas quais vence as licitações. Como em um fato ocorrido no município de Alagoinhas /BA.

 

Imagine você fazer um concurso para prefeitura de uma cidade baiana e ter que responder perguntas sobre uma cidade sergipana. Nada a ver né? Porém acreditem, de acordo com o que consta no edital do concurso divulgado pela prefeitura de Alagoinhas, isso é possível.

Durante toda a tarde do último domingo, a redação do portal Soudesergipe recebeu várias reclamações e pedidos de auxílio em relação a denúncias feitas por quem fez o concurso.

Tudo é investimento. Tanto em dinheiro, quando no tempo que o concurseiro investiu para o cargo que estava estudando. E depois saber que o concurso público foi cancelado pode desmotivar muitos candidatos. Mas é possível um concurso público ser cancelado? Nós trouxemos todas as informações a você.

Fatores para cancelamento do concurso público

O próprio candidato pode pedir junto a recursos o cancelamento do concurso público. Este é um direito seu. Mas ele precisa reunir provas para defender o que acusa. Por exemplo, problemas organizacionais também podem ser motivos para o candidato entrar com recurso e pedir o cancelamento.

Outro fator que precisa ser questionado é quando o candidato vê por acaso pessoas “colando”. Isso pode comprometer o resultado e problemas com os cadernos de questões. E isso precisa ser levado para o ministério público. Se caso o candidato perceber ou presenciar que houve algum favorecimento deve levar a situação adiante.

Outros fatores que podem mover uma discussão a respeito do prosseguimento do concurso público são os seguintes:

Irregularidades durante a prova, como problemas com os cadernos de questão ou alguém “colando”;

Falta de fiscalização durante a prova;

Suspeita de fraude;

Dificuldades na posse;

O Portal Soudesergipe deixa o espaço aberto para a empresa responsável pelo concurso ser manifestar, como também a prefeitura que o realizou.

Maycon Fernandes/Jornalista DRT 0002304/SE

COMENTE!