Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Conheça o poder dos probióticos, importantes aliados da sua saúde

Essas bactérias do bem te ajudam a combater a prisão de ventre e o ganho de peso.

Ter bactérias dentro do nosso corpo nem sempre é um sinal de doenças. Na verdade, no caso do intestino, o que acontece é exatamente o oposto: o bom funcionamento deste órgão depende de que trilhões destes micro-organismos vivam e se reproduzam dentro dele. É a chamada flora intestinal. Mantê-la saudável é essencial para que nosso organismo absorva melhor os nutrientes e controle a proliferação de bactérias que poderiam causar enfermidades. É aí que entram os probióticos.

Os probióticos são bactérias reconhecidamente benéficas, que podem ser encontradas em iogurtes, leites fermentados e queijos. Há ainda no mercado opções de cápsulas de probióticos, que resistem ao processo de digestão do nosso organismo e chegam íntegras ao intestino. Quando aliada a outros hábitos, como uma boa alimentação e hidratação, a ingestão dessas bactérias do bem ajuda a manter o corpo saudável como um todo.

Ingerir probióticos é ainda mais importante quando a flora intestinal está desequilibrada e seu tamanho reduzido, seja o motivo alguma doença ou o uso de antibióticos. Isso porque essa redução pode baixar a imunidade e deixar o corpo mais vulnerável ao ataque de bactérias nocivas. Os probióticos, pelo contrário, deixam nosso sistema de defesa mais forte.

Os principais benefícios dos probióticos

Previnem a constipação intestinal

A prisão de ventre, nome popular da constipação intestinal, é causada principalmente por maus hábitos alimentares, como má hidratação, pouca ingestão de fibras e comer muitos alimentos industrializados. As bactérias presentes nos probióticos equilibram a flora intestinal e ajudam a incitar os movimentos
peristálticos, fazendo as fezes caminharem adiante.




Vale lembrar que os probióticos também são úteis quando a situação é outra: eles são importantes para combater o intestino solto, porque certas bactérias reduzem o tempo de diarreia, assim como as visitas ao banheiro.

Ajudam na perda de peso

Além dos já conhecidos suplementos para perda de peso, as cápsulas de probióticos também são eficazes para este fim, uma vez que ajudam a reduzir os processos inflamatórios nas células de gordura, o que favorece a diminuição do peso.

Além disso, os probióticos têm a capacidade de promover um verdadeiro detox no organismo e ainda têm poucas calorias, promovem saciedade e aceleram o metabolismo.

Fazem bem para a pele

Os probióticos ajudam também na beleza da pele, pois eles criam uma barreira contra os agentes inflamatórios que favorecem o aparecimento de acne, rosácea psoríase e dermatites. Eles também apresentam bons resultados para evitar o envelhecimento da pele e o aparecimento de rugas, pois são capazes de melhorar a
hidratação e a elasticidade da pele.

Evitam doenças bucais

Sabia que a boca também tem sua própria colônia de bactérias? Por isso, os probióticos têm impacto direto na saúde bucal, diminuem o mau hálito e ajudam a evitar o aparecimento de cáries. Eles também melhoram o estado de gengiva e adjacências, pois quando chegam ao intestino, minimizam inflamações.

Diminuem a ansiedade

De acordo com um estudo da publicação britânica Journal of Nutrition, tomar suplementos contendo cepas específicas de Lactobacillus e Bifidobacterium longum ficou menos estressado. Isso acontece porque essas bactérias produzem moléculas precursoras de serotonina, neurotransmissores associados ao controle da
ansiedade e à sensação de felicidade.

São bons para o coração




O mesmo estudo do Journal of Nutrition apontou que Lactobacillus e Bifidobacterium podem ser capazes de assimilar o colesterol no intestino, o que reduziria os níveis disponíveis para a absorção pelo corpo. Quanto menos colesterol ruim (o LDL), melhor para a saúde do coração.

Evitam infecções nas partes íntimas

Candidíase e vaginose respondem por quase 90% das doenças mais comuns nas mulheres em idade reprodutiva. Uma maneira de driblar este tipo de incômodo é ingerir suplementos probióticos, mudando a flora intestinal da vagina para colonizá-la novamente com bactérias do bem.

Menos tosse e resfriados

Tomar suplementos com probióticos reduziu em 12% o número de infecções respiratórias e diminuiu o número de pessoas que tiveram pelo menos um resfriado forte, de acordo com estudos realizados em 2011. Isso acontece porque as células de defesa do nosso corpo que reconhecem o vírus da gripe passam a viver mais
quando o indivíduo toma probióticos.

COMENTE!