fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

De quais maneiras o RH pode cuidar da saúde financeira dos seus funcionários?

Os problemas financeiros são capazes de prejudicar a produtividade e a saúde mental e física de qualquer pessoa. De acordo com dados do CNC divulgados no fim de 2020, 66,3% dos brasileiros estão endividados. Como isso afeta a produtividade e a qualidade do profissional, as empresas devem se preocupar com a saúde financeira do seu quadro de colaboradores.

E isso deve ir bem além do que simplesmente ajudar pessoas a organizarem as contas, é preciso dar um apoio maior incentivando a educação financeira e oferecendo benefícios como a previdência empresarial, pensando também no futuro das pessoas. E o setor de RH é o mais indicado para conduzir as ações dentro da empresa.

O que é saúde financeira?

A saúde financeira é o alcance do equilíbrio entre as contas e os gastos com lazer. Basicamente, uma pessoa com saúde financeira tem uma vida estável, sempre está com saldo positivo, consegue construir uma reserva de emergência e com o tempo começar a guardar dinheiro para a aposentadoria.

Esse é um termômetro importante para qualquer pessoa. Uma má saúde financeira causa diversos problemas como estresse, ansiedade, depressão e a estafa mental. Isso representa um impacto muito negativo tanto para a vida pessoal quanto na vida profissional.

 

Por que se preocupar com a saúde financeira dos colaboradores da empresa?

A empresa depende da produtividade dos funcionários. Com a instabilidade financeira por conta do endividamento, por exemplo, o estresse financeiro aperta e isso pode diminuir consideravelmente a produtividade dos colaboradores.

Logo, funcionários que possuem dívidas, que veem as contas atrasadas e não tem uma boa perspectiva financeira terão mais dificuldade para entregar um trabalho de qualidade. Isso intensifica os problemas de absenteísmo e presenteísmo, problemas gravíssimos que afetam diretamente o desempenho das pessoas.

A pesquisa Employee Financial Wellness Survey, realizada pela PwC em 2019, mostrou que 1 a cada 3 funcionários perdem mais de 3 horas de trabalho por semana para cuidar dos seus problemas financeiros.

No estudo, 59% dos entrevistados apontam o dinheiro como o principal fator de estresse no trabalho. Segundo 35%, as preocupações financeiras são responsáveis pela perda de foco e as distrações durante o dia a dia de trabalho.

Os entrevistados também apontam os fatores que mais são prejudicados pelo estresse financeiro. Para 32%, o principal impacto é na saúde física e mental e nos relacionamentos em casa e no trabalho. A queda de produtividade é citada por 21% dos profissionais e 10% a assiduidade no trabalho.

Outra pesquisa, a The Employers Guide to Financial Wellness 2019, produzida pela Salary Finance, aponta outros dados alarmantes. Segundo o estudo, o estresse financeiro faz com que profissionais tenham 4,9 vezes mais chances de ter um baixo desempenho e 5,8 vezes mais risco de não terminar as tarefas do dia a dia.

Como o RH pode ajudar na saúde financeira dos colaboradores?

O setor de RH é fundamental para trabalhar ações que visem cuidar da saúde financeira dos funcionários. Confira abaixo quais são as principais dicas para diminuir o estresse financeiro dos colaboradores:

Entenda o que os colaboradores precisam

Para pensar em ações e definir uma estratégia, você precisa ouvir quem mais importa: os colaboradores. Para desenvolver ações eficientes, o planejamento deve ser montado focado na realidade dos funcionários.

Por isso, o primeiro passo é fazer uma pesquisa profunda com os colaboradores da empresa. Busque entender quais são os principais problemas relacionados à vida financeira dos funcionários.

A partir disso, o RH deve avaliar os dados e planejar as ações necessárias para atender as necessidades dos colaboradores, relacionando as ações com a capacidade orçamentária e estrutural da empresa.

Fale sobre educação financeira

Para uma pessoa ter uma boa saúde financeira é preciso que ela se eduque financeiramente. Por isso, fale sobre educação financeira em sua empresa. O RH pode desenvolver palestras e treinamentos, que contem com consultoria especializada para ajudar os colaboradores a organizar as suas finanças.

Então, se possível chame o gerente financeiro ou convide pessoas que tenham conhecimento sobre o assunto para que seus funcionários possam aprender a colocar o orçamento em dia, obtendo conselhos fundamentais para pagar as dívidas, organizar o orçamento e começar a realizar os próprios sonhos.

Ofereça um pacote de benefícios corporativos

Uma maneira direta de ajudar os funcionários a terem mais saúde financeira é oferecer benefícios corporativos dentro das necessidades de cada um. Essa é uma forma de assumir alguns custos importantes do dia a dia dos colaboradores, como por exemplo, cobrir os gastos com saúde e educação.

Além de benefícios comuns como plano de saúde, por exemplo, a empresa também pode oferecer coberturas para outras questões como um plano de previdência privada, descontos em compras, auxílio educação, entre outros.

Se preocupar com a saúde financeira é fundamental atualmente. Esse problema foi agravado com a pandemia de coronavírus. Então, o RH se voltar para atender as necessidades financeiras dos colaboradores é algo essencial para que os colaboradores continuem trabalhando em alta performance.

 

 

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação