fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Dores: suspeito de ser o mandante de duplo homicídio que vitimou pai e filho se entrega à polícia

O suspeito de ser o mandante de um duplo homicídio na cidade de Nossa Senhora das Dores se apresentou à polícia. Eduardo Teixeira Pereira compareceu na delegacia da cidade, na presença de advogado, na última quinta-feira, 17. O crime vitimou José Valter de Melo e Fábio Lopes de Melo, pai e filho, no dia 4 de julho deste ano. As investigações contaram com o apoio da Divisão de Inteligência (Dipol).
Segundo a delegada Maria Zulnária, que preside o inquérito policial, as investigações tiveram início desde o dia do crime e contaram com as análises das imagens das câmeras de segurança da prefeitura da cidade e de populares da localidade. Assim, foi possível identificar o veículo utilizado na investida criminosa.
Com as imagens, a polícia chegou à identificação de Alexsandro dos Santos de Jesus, o proprietário do carro empregado na ação criminosa. Ele foi localizado e ouvido. Em depoimento, entrou em contradição e foi representada a prisão preventiva dele, cumprida no dia 18 de agosto.
Na segunda fase do procedimento investigativo, com diligências em Alagoas, foi detido José Deyvison Sabino da Silva, que confessou o crime. Ele apontou a participação de Cícero Gomes da Silva, conhecido como “Cona”, e Welson Jesuíno dos Santos, conhecido como “Preto”, no duplo homicídio.
O procedimento investigativo também indicou que José Deyvison e Welson foram os responsáveis pelos disparos, enquanto que Cícero aguardava no carro em companhia de Alexsandro e Gildázio Gomes Moura, que foi o responsável por apontar as vítimas e indicar o local de trabalho delas.
No desdobramento das investigações, também foi identificado o mandante do crime. Eduardo teria pago a quantia de R$ 8 mil aos executores para a prática do duplo homicídio. Ele também é apontado como o principal suspeito de um homicídio cometido no ano de 2019, no povoado Tabocas, em Nossa Senhora das Dores.
O crime que ocorreu em 2019 teve como vítima fatal Fabrício Lopes Melo, irmão de Fábio Lopes e filho de Valter Lopes. O inquérito policial que apurou esse crime também foi concluído com o fim das investigações do duplo homicídio registrado em 2020, já que há  relação entre ambas as práticas criminosas.
A motivação para o crime teria tido início a partir de um desentendimento ocorrido no ano passado, por conta de uma suposta colisão no início de 2019. As buscas seguem para chegar às localizações de Welson Jesuíno dos Santos e de Cícero Gomes da Silva. Informações e denúncias podem ser repassadas pelo Disque-Denúncia (181).

SSP

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação

Política de Privacidade e Cookies