outubro18 , 2021

    Em menos de 48h, polícia elucida latrocínio de idoso ocorrido em Japaratuba

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    Policiais Civis da Delegacia de Japaratuba realizaram na manhã desta quinta-feira, 24, a prisão de Magno de Oliveira Santos, 18 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca daquela cidade. Ele é suspeito do latrocínio ocorrido na noite da última terça-feira, 22, que vitimou o idoso Nelson Ribeiro dos Santos, de 80 anos.

    De acordo com a delegada Annecley Figueiredo, Magno confessou que entrou na casa do idoso na companhia de um comparsa, identificado como Júlio Henrique Santos da Silva, com o intuito de roubar bens de valor, “porém, enquanto estava na residência, empurrou o idoso e ele caiu. Essa queda da própria altura pode ter gerado a lesão que foi encontrada na cabeça e na língua da vítima. Os criminosos fugiram em seguida, sem levar nada da residência da vítima”.

    Ainda em diligências no dia de ontem, o comparsa Júlio foi preso e também confessou a participação no crime.

    - Advertisement -

    Ainda segundo a delegada Annecley Figueiredo, “o crime teve uma grande repercussão em razão das informações iniciais de que o idoso teve a língua cortada pelos criminosos, fato este explicado pelo médico legista e já esclarecido. As diligências foram iniciadas logo após a comunicação oficial do crime e as polícias civil e militar da delegacia de Japaratuba, com apoio do Poder Judiciário, trabalharam de forma ininterrupta até a prisão dos dois suspeitos”.

    A Polícia Civil aguarda o resultado do laudo cadavérico que será encaminhado pelo Instituto Médico Legal (IML), para identificar a causa da morte.

    Os presos serão encaminhamos ao sistema prisional e ficará à disposição da Justiça.

    Com informações da SSP/SE