fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Erros grotescos da arbitragem marcaram estreia do Atlético Gloriense

A estreia do Clube Atlético Gloriense na primeira divisão do Campeonato Sergipano poderia ter sido melhor, não fosse a ação direta do árbitro do jogo que foi o “responsável” direto pelo resultado.

Mesmo diante de uma equipe que vinha embalada de outras competições, o Atlético Gloriense se impôs em campo e até em grande maioria do tempo de jogo foi melhor que a equipe do Confiança.

Aos 27 minutos do primeiro tempo veio a primeira interferência do árbitro da partida, que confirmou o gol impedido do Confiança, marcado pelo estreante Willians Santana.

Impedimento GROTESCO, até um cego anularia.

Já aos 22 minutos da segunda etapa, mais uma vez a equipe de arbitragem entra em ação e marca pênalti a favor da equipe dona da casa.
As imagens transmitidas pela Tv Atalaia mostraram que antes da bola pegar na mão do defensor do Atlético, pegou na mão do atacante da equipe do Confiança.

Nos acréscimos, “vidinha” aproveitou lançamento longo de Talles e marcou um belo gol para a equipe Gloriense.

A vitória do Confiança repercutiu de forma negativa nas redes sócias.

O placar justo seria 1 a 0 para a equipe visitante.

NOTAS

1 –Goleiro Clezio (Sem culpa nos gols, seguro na defesa,Nota 6,5)

2 – Talles (Talvez o destaque do jogo ao lado de Ramalho, uma nota melhor poderia ser dada não fosse o pênalti (injusto) cometido, Nota 6,0)

3 – Alisson (Partida discreta, 5,0)

4 – Thiago Rangel (Assim como seu companheiro, fez uma partida discreta, 5,0)

5 – Elisson (Alguns bons passes, Nota 5,0)

6 –Emerson (Seguro na marcação, Nota 5,0)

7 – Maxsuel (sumiu na partida, Nota 4,5)

8 – Ramalho (Melhor jogador da equipe Gloriense, sem dúvidas um ponto fora da curva,Nota 7,0)

9 – Caranguejo (Tímido no ataque, tentou uma e outra jogada, mas sem sucesso, Nota 5,0)

10 – Jean (Se escondeu durante a partida, pouco para um camisa 10, Nota 4,0)

11 – Lucas (algumas jogadas com muito esforço, foi substituído na segunda etapa, nota 4,5)

16- Guilherme (Entrou no segundo tempo e marcou um belo gol, Nota 7,0)

Técnico: Caio Simões (Usou aquilo que tinha de melhor para a estreia da equipe de Glória, não fosse os erros da arbitragem poderia ter saído da capital com uma vitória.  Nota, 6,5)

Quarteto de arbitragem : Diego da Silva, Rodrigo Guimarães, Thiago Emanuel Reis e Wagner Tavares da Silva. Nota 0

* A equipe do Atlético Gloriense recebe o Dorense no Editon Oliveira, no dia 2 de março.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação