A Escritora Valdete Alves estará lançando ainda este ano o livro “História Sócio Cultural da Cidade de Monte Alegre de Sergipe(Parte II)”.

Para realização do projeto, a escritora contará com o apoio de Rubens Oliveira (Lumia ‎Design), Izaque Vieira (Redator do Portal Sou de Sergipe e historiador). Valdete Alves é ex-Diretora e professora do Colégio Estadual 28 de Janeiro, conhece perfeitamente a história de Monte Alegre, onde há muitos anos vem desenvolvendo sua pesquisa.

Em 2009 a escritora lançou sua primeira obra “História Sócio Cultural da Cidade de Monte Alegre de Sergipe”, que de forma inédita, trabalhou a história de Monte Alegre de forma pioneira, pois até aquele momento a cidade não possuía sua “identidade” e pouco se sabia sobre sua história, nem como se deu todo o processo de desenvolvimento da Fazenda Nova até chegar a condição de povoado e respectivamente cidade Monte Alegre de Sergipe.

Segundo a escritora, foi muito difícil lançar seu primeiro livro, onde até teve que confiar o material escrito a mão, em pessoas que não tiveram o mesmo cuidado, onde de forma descuidadosa acabou perdendo uma parte do material.

“Ao rever o livro História Sócio Cultural da Cidade de Monte Alegre de Sergipe, livro lançado em 2009, percebi a falta de um capítulo inteiro, que abordava sobre as invasões aqui ocorridas. Na verdade a pessoa que ficou responsável pela digitação, acabou perdendo o material e assim acabou não sendo publicado no 1º livro. Algum tempo depois, encontrei os rascunhos em uma pasta todo o conteúdo que havia sido perdido, nascendo assim o novo projeto de um livro abordando sobre as lutas e vitórias de um povo sofrido”. Comentou a escritora.

O novo livro vai retratar alguns conflitos que ocorreram em terras Montealegrenses e também alguns eventos que de forma indireta afetaram as pessoas que viviam no sertão a exemplo da Ditadura. Também será lembrado alguns personagens da vida real importante para a história de Monte Alegre.

“Sendo um capítulo inédito, tenho como objetivo presentear o leitor, mostrando mais acontecimentos remotos que ainda precisam ser mostrados a todos que apreciam uma boa leitura e valorizam a história a partir da própria história local”. Finalizou a escritora.

Izaque Vieira / Redação Portal Sou de Sergipe

Deixe seu comentário abaixo

Comentários