Desde que a foto tirada instantes após o nascimento da filha ganhou o mundo, a empresária Thaise de Mari, de 32 anos, já leu todo tipo de especulações sobre o momento. A selfie, que mostra a recém-nascida Carmel dando um sorrisão ao lado da mãe ainda na mesa de cirurgia, já foi exibida pelo jornal britânico “Daily Mail” e pelo site da revista feminina “Cosmopolitan”.

“Ao contrário do que muita gente está falando, ela não estava berrando! Acredito que foi algum espasmo e que coincidiu de parecer um sorrisão”, diz Thaise, que vive com a família em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense.

“Meu marido estava registrando o momento com o celular, aí colocaram ela perto de mim, e ele se aproximou pra fazermos uma selfie… Ele falou que parecia que ela estava sorrindo! Eu olhei pra ela e também vi a mesma coisa. Aí olhamos para o celular e sorrimos, ‘imitando’ a carinha dela”, lembra a mãe da bebê, hoje com três meses.

A foto foi publicada em janeiro, mas só viralizou há pouco tempo. “Postei no dia em que Carmel nasceu! Depois alguns sites utilizavam a foto, sem escrever quem era a família. E assim, quem me conhece começou a me avisar, me marcar nas notícias, e nessas últimas semanas até amigos que moram em outros países viram minha foto circulando por lá.”

Os dois lados da fama
A fama repentina surpreendeu a família. “Tem muita gente falando que a foto é fake, que é montagem, julgando por ser uma cesárea, até mesmo por eu estar sorrindo na foto! Somente eu e meu marido sabemos o quão verdadeiro é tudo isso”, diz Thaíse, sobre a repercussão da foto. “Ao mesmo tempo, é emocionante ver o carinho com minha filha de gente que nem conheço”.

Thaíse, que trabalha com moda, já voltou a trabalhar. A vida de mãe de primeira viagem não é feita só de sorrisos. Como qualquer bebê, fome e dor são motivos de choro para a pequena Carmel. “É uma vida nova! Cansativa, mas muito prazerosa. Até mesmo na madrugada, quando estamos exaustos, ela abre um sorriso que compensa qualquer coisa”, diz Thaise.

Os sorrisos são cada vez mais frequentes. Ligada a moda, a mãe não perde a chance de clicar a pequena com modelitos variados – até de sereia ela se fantasiou no carnaval. Para arrrancar as gargalhadas, não é preciso muito, conta a empresária. O segredo? “Conversar com ela! Ela dá muita risada! Ou repetir os sons que ela faz”.

Para a mãe, a filha já nasceu naturalmente feliz. “Ela é muito sorridente! Até podemos acreditar que foi realmente um sorriso!”, diz, referindo-se à selfie que ela definiu como “a foto de sua vida”.

Com informações do g1

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..