conecte-se conosco

Bem Estar

Hiperidrose o que é isso? Saiba tudo sobre a doença do Suor Excessivo

Publicado

em

Não são apenas as altas temperaturas brasileiras que produzem reclamações sobre o suor. Existe uma doença chamada hiperidrose, que se caracteriza pela transpiração (suor) excessiva, que afeta muitos indivíduos. Neste artigo vamos explicar um pouco mais sobre esse mal-estar. Segue abaixo:

O que é hiperidrose?

 

Esta espécie de síndrome tem como característica o suor excessivo em algumas áreas como as mãos, pés e axilas, ou o corpo como um todo. Alguns portadores de hiperidrose também sofrem desidratação e infecções de pele secundárias. Outras vezes desenvolvem péssimas conseqüências emocionais em suas vidas.

Estima-se que a hiperidrose alcance de quase 3% da população, manifestando-se em homens e mulheres de qualquer idade, sendo comum que os familiares diretos também serem portadores da Hiperidrose.

Às vezes, algumas emoções podem aumentar o fluxo de transpiração, deixando estes indivíduos ansiosos e inseguros, lhes causando problemas psicológicos. Isso acaba se tornando um ciclo que só agrava a doença, chamada de Síndrome do Gatilho da Hiperidrose.

A maioria dos pacientes relata que esta doença se manifesta depois de:

  • Assumir grandes responsabilidades;
  • Problemas familiares;
  • Períodos de fortes emoções;
  • A adolescência;
  • Trabalhar ou fazer exercício ao sol.

Os médicos explicam que estas não são as causas, mas sim os fatores que fazem a hiperidrose se manifestar, já que a sua causa pode ser genética ou devido a alguns aspectos como:

  • Obesidade;
  • Disfunção do sistema nervoso;
  • Excesso de hormônios da tireoide;
  • Uso de drogas antidepressivas, entre outros.

Conheça os tipos de Hiperidrose

Conheça os tipos de Hiperidrose

Há conhecimento de dois tipos desta doença, classificada como Primária e Secundária.


A Hiperidrose Primária manifesta-se por fatores genéticos sem causas conhecidas, se manifesta nos primeiros anos de vida, ou durante a trajetória do portador.

Já Hiperidrose Secundária tem sua origem está associada a doenças como a obesidade ou os efeitos secundários dos medicamentos.

Hiperidrose palmar

Ocorre na palma das mãos, deixando os pacientes induzidos a dar um simples aperto de mãos, e com dificuldades para realizar simples atividades como dirigir e fazer trabalhos manuais.

Hiperidrose axilar

A transpiração excessiva nas axilas faz com que os portadores reclamem de suas vestes estar sempre molhada e manchada de suor, e o aparecimento de possíveis odores

Hiperidrose Plantar

Os indivíduos que sofrem desta condição, apontam a constante sensação de umidade nos pés, e um aumento na proliferação de micoses e frieiras.

Hiperidrose tem cura? Quais são os tratamentos indicados?

Conheça os tratamentos de hiperidrose

Sim! Existem vários tratamentos para a hiperidrose, no entanto, é importante consultar seu médico para que ele indique o método mais adequado para o seu caso. Dê uma olhada em alguns:

Com desodorantes!

Para os casos mais leves, recomenda-se o uso de antitranspirantes à base de sais de alumínio, que são diferentes os desodorantes comuns, já que obstruem os poros das glândulas responsáveis pelo suor da pele.

Os antitranspirantes mais recomendados e provados são os manipulados prescritos por dermatologistas e os produzidos exclusivamente para este tipo de tratamento, como o Driclor, Perspirex e Odaban.

Com os remédios!

Os Tratamentos à base de medicamentos são prescritos em casos meios de hiperidrose. Os medicamentos geralmente são à base de oxibutinina, como o Retemic e o Ditropan.

Eles atuam dentro das glândulas para reduzir suas atividades, diminuindo, assim, a transpiração, e seu preço está em torno de 30 reais.

Para os casos mais graves, indicam-se dois métodos diferentes:

Com botox!

Esta toxina é aplicada na área onde a transpiração ocorre de maneira exagerada, mais recomendada nas axilas, face ou couro cabeludo.
Especialistas afirmam que a melhora é evidente, no mesmo instante, se intensificará a partir do quarto dia após a aplicação.

O botox age impedindo que os neurônios da estimulam o funcionamento dessas glândulas. Quem aplica garante que o efeito dura de oito meses a um ano, e custa em torno de 1.500 reais, sendo necessária mais de uma aplicação para um resultado mais duradouro.

Com a cirurgia Chamada Simpatectomia!

cirurgia Simpatectomia

Essa operação é considerada simples. O cirurgião retira e queima as glândulas que causam esta transpiração excessiva, a fim de que não volte a funcionar.

Você pode encontrar alguns dos hospitais públicos que oferecem, mas as filas de espera são muito grandes.

Tratamentos caseiros para a Hiperidrose

Uma alimentação baseada pode ajudar a evitar algumas das doenças que levam à hiperidrose secundária, e a controlar a temperatura do corpo. Apesar de não ter eficácia cientificamente comprovada, separamos alguns métodos à base de produtos naturais para você analisar:

  • Chá de sálvia;
  • O Talco e o bicarbonato;
  • Limão;
  • Vinagre de maçã;
  • Chá de bardana;
  • O Mel e o vinagre;
  • O Suco de tomate.

Nosso artigo fica por aqui. Esperamos que tenham obtido as suas dúvidas. Não deixe de opinar nos comentários. Até a próxima!

Conheça o único guia de 5 passos comprovados para controlar a transpiração excessiva (Vencendo a Hiperidrose) com técnicas terapêuticas naturais e testadas. (Clique Aqui para obter maiores informações)

ATENÇÃO! Se você ou alguém que você ama, sofre de transpiração excessiva, então este vai ser o artigo mais importante que você vai ler…

 

 

 

Publicidade
Publicidade

Veja Também