Mais de 150 armas foram examinadas pelos peritos

Neste último sábado, 10, vinte e cinco peritos criminais se reuniram no Instituto de Criminalística em um mutirão de laudos periciais da balística forense com o objetivo de diminuir o acúmulo de armas de fogo do setor. Estavam acumuladas cerca de 280 armas de fogo, acúmulo este gerado durante anos devido à falta de um quantitativo maior de peritos, bem como à crescente demanda de solicitações de exames no setor.

Neste mutirão, foram confeccionados 140 laudos periciais de exames descritivos e de eficiência e mais de 150 armas de fogo foram examinadas pelos peritos, incluindo revólveres, pistolas, espingardas artesanais e industriais. Em termos percentuais, 54% da quantidade total destas armas foram periciadas, isto é, mais da metade das armas acumuladas foram examinadas no dia do mutirão.

A previsão é que todos esses laudos sejam encaminhadas para as autoridades requisitantes ainda durante esta semana.
Valendo ressaltar que o laudo pericial é peça fundamental tanto no inquérito como no processo judicial, que serve como relevante prova técnica para a justiça.

De acordo com a perita Fabinara Dantas “foi emocionante ver a União de todos os peritos neste dia. Parecia um dia de festa no Instituto de Criminalística, sendo que estavam todos ali trabalhando!”.

SSP

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.