Após dois dias de julgamento, os três acusados de matar o técnico em iluminação, Crizzan Cruz Santos de 21 anos no dia 6 de fevereiro de 2015, foram condenados. A sentença saiu no final da noite desta sexta-feira (6).

O pedreiro Nailton Vitório Santos foi condenado a 31 anos de prisão. Já o encarregado de obra Edinaldo Andrade e o vigia Carlos Ruan foram condenados a 23 por terem planejado e executado a morte de Crizznam.

O crime teve grande repercussão e aconteceu um canteiro de obras no Bairro Suissa, Zona Sul de Aracaju. Segundo a investigação da polícia, a vítima foi morta por ter se negado a participar de um esquema para roubar materiais da obra.

Via g1

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..