Um homem praticamente foi linchado dentro de uma igreja evangélica, onde foi buscar refúgio depois de assaltar uma mulher que estava com o filho de apenas um ano no colo. O acusado roubou o aparelho celular da vítima, correu, foi perseguido por populares, tentou se esconder no templo religioso, mas foi localizado e agredido.

O crime aconteceu por volta das 20h30 desta terça-feira, 20, no bairro Jose Conrado de Araújo, em Aracaju. Dominado, o acusado foi entregue aos policiais militares com vários ferimentos decorrentes dos golpes que sofreu. À equipe da PM, conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública, o acusado disse que não mais estava com o aparelho de telefone celular que teria roubado porque também teria sido vítima de assalto praticado depois da ação criminosa que ele cometeu por dois homens armados que ocupavam uma motocicleta.

A vítima reconheceu o acusado como sendo o homem que a interceptou no momento em que ela estava em um trecho da rua, com o filho de apenas um ano, aguardando a sogra. O rapaz veio na direção da vítima em atitude suspeita. A mulher tentou recuar, mas o acusado avançou, dominou a mulher, tomou o aparelho de telefone celular e saiu correndo. Momentos depois, a vítima ficou informada de que populares tinham dominado um suspeito, que já estava ferido dentro da igreja evangélica. Na mesma igreja e também na Delegacia Plantonista, a vítima reconheceu o acusado, que permanece detido à disposição da justiça.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

VIAInfonet
FONTECássia Santana
COMPARTILHAR