fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Luana pode ter dificuldade de registrar candidatura após TCE rejeitar contas da sua gestão

GLÓRIA, SE (POLÍTICA A JATO) – A ex-prefreita de Nossa Senhora da Glória, Luana Michele, teve o nome incluído na relação dos gestores que tiveram suas contas rejeitadas por irregularidades insanáveis ou seus atos administrativos julgados ilegais ou irregulares

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), conselheiro Luiz Augusto Carvalho Ribeiro, apresentou a lista ao Tribunal Regional Eleitoral na última sexta-feira (14).

O TCE quer que a Corte Eleitoral apure se houve a configuração de irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa e, posteriori, impedir os possíveis postulantes aos cargos eletivos de registrarem suas respectivas candidaturas.

Luana foi alvo de dois processos movidos pelo TCE/SE e que podem ser consultados pelos protocos TC/001762/2013 e TC/000258/2010.

Ela é pré-canditada a prefeita de Nossa Senhora da Glória com o apoio de seu irmão, ex-prefeito Serginho, e pelo atual gestor do município, Chico do Correio.

Vale lembrar que a inclusão do nome de Luana na relação apresentada pelo TCE, não gera automaticamente a inelegibilidade.

Isso só poderá ocorrer após o TRE analisar minuciosamente todo conjunto probatório e decidir por torná-la inelegível para as eleições de 2020.

O Tribunal de Contas levou em consideração a Lei de Inelegibilidade, tais como o trânsito em julgado dos processos, o prazo legal de oito anos e as intercorrências oriundas de processos judiciais interpostos.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação

Política de Privacidade e Cookies