fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Machine Buster: PC e PF concluem operação com R$ 103 mil, pistolas e veículo de luxo apreendidos em ação contra roubos a banco

Ação policial ocorreu simultaneamente na Bahia e em Sergipe nesta terça-feira (8)

Como resultado da Operação Machine Buster, foram cumpridos cinco mandados de prisão e um investigado entrou em confronto com as equipes policiais nesta terça-feira (8). A ação policial também resultou na apreensão de três pistolas, de R$ 103 mil e de dois veículos, sendo um carro de luxo. A operação é fruto de uma investigação conjunta da Superintendência da Polícia Federal em Sergipe e Bahia e da Polícia Civil de Sergipe, que teve como objetivo a desarticulação de um grupo criminoso responsável pela explosão das agências bancárias da Caixa e do Banco do Brasil na cidade de Carira.

As três pistolas foram apreendidas nas cidades de Salvador (BA), Jacobina (BA) e Carira (SE). Um veículo da marca Mercedes foi apreendido na capital baiana, onde também foi localizado o dinheiro. Um carro de modelo Fiat Strada foi encontrado em Carira.

Investigação

As investigações tiveram a troca de informações entre a Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio (Delepat) e o Centro de Operações Policiais Especiais da Polícia Civil de Sergipe (Cope). O cumprimento dos mandados de prisão teve o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e de militares do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM) e Companhia Integrada de Operações em Áreas de Caatinga, da Polícia Militar de Sergipe (Ciopac).

Segundo levantamento feito pelas polícias no dia do crime, a ocorrência durou cerca de 20 minutos. Após a explosão, os criminosos incendiaram dois veículos e fugiram sentido Bahia pelo Povoado Bonfim. Populares encontraram cartuchos de armamentos usados por eles.

A atribuição da Polícia Federal foi o de investigar o crime contra a Caixa Econômica Federal, empresa pública; enquanto a Polícia Civil levantou informações sobre a explosão no Banco do Brasil, sociedade de economia mista, ambas da administração pública indireta. Com a troca de informação e o trabalho em conjunto, a Operação “Machine Buster” foi deflagrada em Sergipe e na Bahia.

Após as explosões, a Polícia Federal e o Cope começaram a investigar os crimes nas agências da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil na cidade de Carira. Homens fortemente armados invadiram a cidade, se posicionaram nas agências bancárias e realizaram as explosões. Imediatamente, equipes do 3º BPM e da Ciopac realizaram diligências na região e comunicaram à polícia da Bahia, já que os criminosos fugiram em direção à divisa baiana.

A perícia também foi acionada e, junto com os investigadores, fez uma análise minuciosa do local do crime. O caso de Carira foi o único realizado contra agências bancárias em Sergipe em 2020. Os envolvidos podem responder pela prática de crimes de dano, tentativa de furto qualificado e associação criminosa, tipificados respectivamente nos artigos 163, 155, § 4º-A, c/c arts. 14, II e 288, do Código Penal Brasileiro.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação