outubro17 , 2021

    Mataram nossa cultura e no lugar de terra jogaram Devinho em cima do caixão dela.

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    Há muito tempo Sergipe deixou de ser “O País do Forró”, quando os responsáveis da  cultura do nosso Estado começaram assassinar aos poucos o que chamávamos de patrimônio cultural.

    Respirávamos com a ajuda de aparelhos, e o que poderia ficar ruim acabou se tornando trágico.  A programação de forró do nordeste da Rede Globo e Tv Sergipe contará com nada mais, nada menos que Devinho Novaes como representante do Forró Sergipano.

    O arrocha não é mais sua praia, Devinho agora representa o FORRÓ SERGIPANO, por onde passamos podemos ouvir nos carros de som, rádios, tvs, músicas cantadas em ritmo de forró por esse deus da música.

    Devinho agora é a nova cara do forró Sergipano, Forró pé de serra, Forró universitário e o Forró eletrônico.

    - Advertisement -

    A verdade é que nossa cultura já nem precisa de aparelhos para respirar.  Pois, quem precisa de Dona Nadir (Remanescente município quilombo localizado em Laranjeiras), Clemilda , Amorosa, Rogério “Sergipe é o País do Forró”, Sergival, entre outros? Quando se tem Devinho.

    Mataram nossa cultura e no lugar de terra jogaram Devinho em cima do caixão dela.

    Maycon Fernandes /Jornalista DRT 0002304/SE