eleicao-2016-montealegreA matéria anterior do Soudesergipe descreveu sucintamente o que rola nos bastidores da política de Monte Alegre de Sergipe, em especial ao grupo de oposição ao Prefeito Tonhão.

Durante a semana, o pré-candidato João Thiers, recebeu o convite para compor a chapa majoritária do grupo de Luciano do Posto, onde segundo informações, teria ou Nena ou sua filha Luana encabeçando essa junção.

Essa informação, antes prolatada pela redação do Soudesergipe, causou um furor nas redes sociais e esquentou o clima entre os envolvidos. João Thiers e Dorge da Pousada se digladiaram com acusações quentes durante uma conversa em um determinado grupo de Whatsapp.

Em seu comentário, João deixou a entender que Dorge seria mais um causador de problemas do que um conciliador. Em resposta, Dorge, em áudio gravado, transpareceu que João poderia ser um gestor despreparado e incompetente.

Essa polêmica só comprova o que realmente ocorre com os dois grupos de oposição: Eles não conseguem se organizar! Sem dúvida, estão cada vez mais se encaminhando ao precipício e toda essa desorganização só fortalece o prefeito Tonhão.

Toda semana tentam articular junções sem sucesso e acabam se estapeando nas pesquisas de consumo interno. Com isso, vão se descredibilizando com o povo e acabam perdendo o sentido real da verdadeira política.

João, em conversa com amigos em uma determinada churrascaria da cidade, chegou a informar que Nena, em se tratando de política, não teria futuro nenhum. Por outro lado, acreditou-se que com Valdirene como vice levantaria um pouco a popularidade, mas nem isso aconteceu.

Para encerrar, o advogado afirmou que a única união que poderia ocorrer seria Luciano e companhia se ajuntar a ele e não ele se juntar ao projeto de Nena. Mesmo assim, João diz não acreditar nem em Luciano e nem em Aragão.

Da redação, Soudesergipe 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR