fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

O “Covidão” sergipano

A corrupção no Brasil infelizmente virou uma prática institucionalizada, e a pandemia imposta pelo Covid-19 potencializou os casos de corrupção por todo o país. Isso ocorreu por que grandes somas de dinheiro passou a se movimentar nos cofres do governo para socorrer a população no combate ao corona vírus. Na mesma proporção que a epidemia foi se alastrando pelo país em paralelo começou a se multiplicar os casos de desvios de dinheiro destinado ao combate à pandemia e assim a Polícia Federal deflagrou várias operações contra a corrupção envolvendo dinheiro público para a resposta à doença.

Vários estados do Brasil estão sendo investigados na “Operação Covidão” da PF desde estruturas estudais como municipais e com Sergipe não foi diferente tem surgido vários escândalos por vários municípios do Estado. Em 20 de abril deste ano o Ministério Público Federal (MPF) enviou recomendação ao Governo do estado de Sergipe e aos prefeitos dos 75 municípios sergipanos para que sejam tomadas medidas para garantir a transparência dos gastos públicos empreendidos em razão da atual pandemia de Covid-19.

No último dia 07 de julho a Secretaria de Saúde do Estado foi surpreendida pela operação Serôdio da PF em com o apoio da CGU – Controladoria Geral da União. Segundo a PF a SES – Secretaria Estadual de Saúde teria cometido irregularidades na construção de um Hospital de Campanha de Aracajú-Se. A Operação Serôdio, teve como objetivo obter provas para investigação que apura desvio de verbas públicas, associação criminosa, corrupção, fraudes na licitação e na execução do contrato para montagem da estrutura do hospital mencionado acima. Para a execução desta obra a SES recebeu o montante de R$ 3,2 milhões do Governo Federal. Lembrando que até o final de junho o Governo do Estado de Sergipe teria recebido do Fundo Nacional de Saúde R$ 24 milhões para ações de combate ao Covid-19.

No último dia 16 foi à vez da PF e do MPF bater na porta do Hospital de Campanha de Lagarto a operação investiga suposto superfaturamento na construção do mesmo que contou com a liberação de R$ 4 milhões do MEC – Ministério da Educação, dos quais R$ 2,5 milhões seriam gastos na construção e R$ 1,5 milhões na compra de equipamentos, o referido Hospital fica no estacionamento do Hospital Universitário de Lagarto passou a funcionar em 15 de junho contando com apenas 10 leitos com uma promessa de ampliação para 20 leitos de UTI.

Enquanto isso os números negativos da pandemia só crescem, mas o que importa para alguns é o crescimento de sua conta bancária enriquecendo ilicitamente as custa da miséria do povo.

Veja os números da Pandemia até o dos 26 de julho, dados retirados do site da SES – Secretaria Estadual de Saúde. São 52.264 casos confirmados com 1303 mortes, dentre os mortos 317 são de idosos com idade entre 70 e 79 anos o que representa 24,4%, 299 são idosos com idade acima de 80 anos que representa 23% e 279 mortes de idosos com idade entre 60 e 69 anos que representa 21,3% do total. Resumindo as pessoas acima de 60 anos são as mais vulneráveis e já somam o alarmante número de 895 mortes representando ai 68,7% do total de mortes por Covid-19 no Estado de Sergipe.

 

 

Reinaldo Valverde Pereira

O professor Valverde é Licenciado em História pela FTC – Faculdade de Tecnologias e Ciências da Bahia e Bacharel em Teologia pela FAK – Faculdade Kurios do Ceará. Atuou como professor em escolas da rede privada de Salvador e atualmente é professor da Rede Estadual de Sergipe lecionando no ensino fundamental e médio.

 

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação

Política de Privacidade e Cookies