fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Ocupação em leitos de UTI em Sergipe é preocupante e pode se agravar ainda mais

Um monitoramento que mede a incidência de novos casos da Covid-19 aponta para um agravamento da pandemia nas próximas semanas, e alerta para situação preocupante da ocupação de leitos de UTI na Região Nordeste, citando o estado de Sergipe, que mantém taxas de ocupação perto de 100%.

A informação consta em boletim feito pelo Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgado nesta quinta-feira, 27.

Segundo os pesquisadores, na semana encerrada em 22 de maio, houve aumento da taxa que mede a quantidade de novas infecções, o que se soma a altos patamares de testes positivos para o diagnóstico da doença e pode se refletir em crescimento dos óbitos em até duas semanas.

Para evitar que a doença faça mais vítimas, a Fiocruz recomenda às autoridades a manutenção de restrições de eventos de massa e atividades que promovam a interação e infecção de grupos suscetíveis, a intensificação de ações de vigilância em saúde e outras ações, como o reforço de estratégias de testagem, a vigilância genética das cepas e o controle de voos internacionais.

LEITOS DE UTI

Os pesquisadores identificaram que entre as capitais, 20 apresentam ocupação de UTIs acima de 80%, e em Aracaju, a mesma chega a  99%.

No último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, se expõe que a ocupação dos leitos de UTI da rede pública em relação a adultos chega a 97,4%, uma vez que apenas um dos 13 hospitais que atendem nessa categoria não atingiram 100% de sua capacidade.

Já na rede privada, o índice de ocupação chega 94,8%.

*Com informações da Agência Brasil

 

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação