CidadesLagarto

Operação conjunta intercepta grupo criminoso e evita homicídio em Lagarto

Em operação conjunta entre a Delegacia Regional de Lagarto e o 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM), foi evitado um homicídio que ocorreria na tarde dessa segunda-feira (23). A ação policial foi deflagrada após o recebimento de denúncias anônimas que davam conta de que o crime estava prestes a acontecer e que os suspeitos estariam escondidos em uma residência no bairro Matinha, na posse de armas de fogo.

A ação policial foi coordenada pelo delegado Paulo Cristiano e pelo tenente-coronel Mateus. De acordo com as informações policiais, o homicídio, que estava sendo planejado e prestes a ocorrer, tinha como objetivo vingar a morte de um indivíduo conhecido como “Pópó”, que foi morto na semana passada.

De posse da denúncia, os policiais dirigiram-se até o local indicado e tentaram prender os suspeitos, porém as equipes foram recebidas a tiros. Houve um intenso confronto e dois indivíduos foram feridos, encaminhados ao hospital, mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito.

Os homens foram identificamos pelos nomes de Djavan De Jesus Santos, conhecido como “Chumbinho”, e José Fernando Dos Santos Nascimento, todos com passagens pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Com eles, foram localizadas duas armas de fogo, drogas, balança de precisão, celulares roubados e rádios comunicadores, aparelhos que eram utilizados para alertar a chegada da polícia. Além das denúncias anônimas, os policiais também tiveram acesso a áudios compartilhados em grupos de WhatsApp onde Djavan e Fernando combinavam o crime.

Você pode gostar

Comments are closed.