outubro16 , 2021

    PC apresenta resultado da investigação do desaparecimento de adolescente em Aracaju

    Veja também

    COMPARTILHE

    - Advertisement -

    O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) apresentou, nesta quinta-feira (16), o resultado da investigação que culminou com a prisão do suspeito da morte de um adolescente que estava desaparecido desde o dia 10 de setembro.

    De acordo com as investigações, a vítima, um adolescente de 16 anos, morava no Bairro Jabotiana, em Aracaju, e foi visto pela última vez na região conhecida como Madre Paulina, em São Cristóvão, onde teria se encontrado com um amigo.

    Após buscas da mãe da vítima, o suposto amigo foi visto e tentou fugir, mas foi detido por um policial militar à paisana, que o conduziu até o DHPP.

    As investigações foram iniciadas com o apoio do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) e, após interrogatório, o investigado confessou o crime. Segundo o apurado pela Polícia Civil, a vítima foi executada com golpes de barra de ferro.

    - Advertisement -

    Ainda conforme o DHPP, o investigado indicou o local onde enterrou o corpo, que foi encontrado em uma cisterna com cerca de 20 metros de profundidade.

    Para o resgate, o DHPP contou com o apoio do Corpo de Bombeiros. O autor foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e já teve sua prisão preventiva pelo homicídio pedida à Justiça. O DHPP também contou com o trabalho da Perícia e do Instituto Médico Legal (IML) no local do crime, que era de difícil acesso.