Grupo comercializava entorpecentes na cidade de Estância e municípios vizinhos
Grupo comercializava entorpecentes na cidade de Estância e municípios vizinhos

A Polícia Civil, por meio do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Delegacia Regional de Estância, realizou na sexta-feira, 02, uma operação com o objetivo de prender os demais integrantes de uma quadrilha acusada de tráfico de drogas no interior sergipano. Como resultado, foram presos nove homens nas cidades de Cristinápolis e Estância. Além disso, foram apreendidos 20Kg de entorpecentes prontos para comercialização e um adolescente.

Durante a operação, foram presos Fábio Roberto dos Santos, Sílvio Alan Menezes Santos, César Júnior de Jesus, Rosivaldo Aragão dos Santos, Adriano Souza Santos, Marciel Conceição Ferreira, André Santos Lima (financiava o tráfico por alguns anos), Daniel dos Santos Teixeira Rodrigues, Renoar de Assis Cruz.

Segundo informações do delegado Hugo Leonardo, que atua no Cope e coordenou as investigações, outros 17 membros da mesma quadrilha foram presos com mais de 20Kg de drogas anteriormente e cumprem as devidas penalidades no sistema prisional, totalizando 25 adultos presos e um adolescente apreendido.

“É uma investigação que vem ocorrendo há mais de um ano e meio, com diversas prisões e apreensões de drogas ao longo desse período. Além do tráfico de entorpecentes, um dos acusados conta com três homicídios sendo investigados e que são relacionados ao tráfico. Outros dois cometiam diversos roubos de motocicletas, vendiam os veículos e parte do que era arrecadado era utilizado no financiamento do tráfico”, destacou o delegado Hugo Leonardo.

A quadrilha vendia a droga apreendida, crack e cocaína, em Estância e cidades vizinhas, como Indiaroba, Santa Luzia do Itanhi, Cristinápolis e Umbaúba.

Participaram ainda da operação o Grupo Especial de Repressão e Busca da Polícia Civil (Gerb), Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), Departamento de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Delegacias de Tobias Barreto, Boquim e Cristinápolis; além da Polícia Militar, por meio da Companhia Independente de Policiamento com Cães.

Com informações da SSP

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR

Músico,Jornalista DRT 0002304/SE, Repórter do Programa Voz da Cidadania e apresentador do Programa Expressão Livre.