fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Polícia Civil prende homem que tentou degolar ex-companheira em Aparecida

No dia 21.02.2021, por volta das 10h00min, no Município de Nossa Senhora de Aparecida-SE, a jovem Erlaine Lima Almeida, 27 anos, foi degolada em frente a familiares, recebendo facadas no pescoço, pelo seu ex-companheiro, o indivíduo de nome Flávio Mota de Meneses. A Polícia Militar foi acionada e prestou o pronto e imediato socorro a vítima, e a mesma foi hospitalizada com vida. O suspeito fugiu ao ouvir o som da sirene policial sendo impedido de finalizar o seu intento criminoso. (Relembrem o caso)

A Polícia Militar apreendeu a faca peixeira utilizada no crime ainda no local do fato, a arma branca ainda estava com a etiqueta de preço, demonstrando assim a premeditação e a frieza por parte do autor que comprou o instrumento apenas para realizar o feminicídio em face de sua ex-companheira com quem tem uma filha de apenas 5 anos de idade.

A Polícia Civil instaurou o inquérito para apurar o fato criminoso em tela, e através de testemunhas oculares foi confirmado a autoria do feminicídio tentado tendo como autor a pessoa de Flávio Mota de Meneses.

De acordo com a investigação, Flávio conviveu um relacionamento conturbado com a vítima durante aproximadamente 6 anos, já tendo esse a violentado diversas vezes, inclusive com garfadas e socos. Flávio já foi investigado por sequestro, cárcere privado, ameaça e injúria, todos no âmbito da violência doméstica com suas ex-companheira.

Uma das testemunhas que presenciou o fato criminoso, descreveu uma verdadeira cena de terror. Conforme o seu depoimento, Erlaine chegou aos prantos em frente de sua casa pedindo ajuda, essa abriu a porta para a vítima e a escondeu no fundo de sua residência. Entretanto, Flávio Mota arrombou a porta da frente e entrou na referida casa com uma faca peixeira na mão, encurralou a vítima no fundo da casa e começou a agredi-la com socos e ponta pés e falou a seguinte frase: “sua puta, hoje vou te matar!”. Familiares da vítima tentaram intervir na defesa de
Erlaine mas o agressor de maneira fria ameaçou os demais dizendo que quem chegasse perto também iria morrer. Em seguida, Flávio degolou Erlaine na frente de todos e ainda a perguntou quando esta fechou os olhos em hemorragia intensa, “já morreu?”. O crime gerou grande repercussão na pequena cidade.

Compreendendo que a liberdade do suspeito oferecia um grande risco para ordem pública, a Polícia Civil de Ribeirópolis e Aparecida representou em segredo de justiça pela decretação da prisão preventiva de Flávio Motade Meneses, e com o parecer Ministerial favorável, a prisão foi prontamente deferida pelo Poder Judiciário competente. E no dia de hoje (23.02.2021) após o suspeito se apresentar com os seus advogados na Delegacia de Polícia de Ribeirópolis para prestar esclarecimentos sobre o fato criminoso em tela, foi preso preventivamente pela Autoridade Policial desta urbe e se encontra preso a disposição da justiça.

As Polícias do Estado de Sergipe estão prontas para melhor servir e proteger a população. Qualquer informação sobre crimes disque 181, sua identidade será preservada, mantida em total sigilo.

Com indo O Rapidão da Notícia

 

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação