O prefeito de Nossa Senhora das Dores, Thiago de Souza, decretou três dias de luto oficial após a queda de uma caixa d’água sobre o teto da Escola Municipal Professor Osman dos Santos, localizada no povoado Campo Grande. Duas crianças faleceram e 18 pessoas ficaram feridas.

A Prefeitura de Dores informou, mais cedo, que o prefeito Tiago de Souza, e o pai dele, Gilberto Souza, que são médicos, auxiliaram as equipes médicas no atendimento as vítimas. A Prefeitura de Dores disse também que médicos de Cumbe, Nossa Senhora da Glória e Siriri também se deslocaram à cidade para auxiliar a assistência aos feridos, assim como o Grupamento Tático Aéreo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os Bombeiros.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Dores, todos os secretários, além da equipe de Assistência Social do Município estão mobilizados para auxiliar as famílias vítimas da tragédia. As aulas da Escola Professor Osman dos Santos foram suspensas.

A Prefeitura de Dores esclareceu ainda que a únicas reclamações registradas estão relacionadas à falta de água e qualidade da água na região. A Prefeitura revelou também que se baseava em laudos da Deso, nos quais nunca foram identificados riscos de desabamento, e que apenas solicitou a substituição do reservatório, no sentido de obter um maior e mais moderno.

MATÉRIAS RELACIONADAS

Deixe seu comentário abaixo

Comentários