gilmar-carvalho-

Revoltados com a proibição imposta por agentes penitenciários à realização de visitas íntimas, alguns presos do COPEMCAN, presídio localizado no município de São Cristóvão, gravaram áudio que está sendo divulgado nas redes sociais.

Detentos, na gravação, ameaçam matar o radialista e jornalista Gilmar Carvalho, por ter exibido, COM EXCLUSIVIDADE, no programa Cidade Alerta Sergipe, na TV Atalaia, sexta-feira passada, entrevista com agente penitenciário, que denunciou que visitas íntimas a presos vinham feitas em locais inadequados à preservação de sua privacidade.

Embora não tenha feito comentário sobre a entrevista no programa, Gilmar está sendo acusado por presos de ter “dado vez a um agente mentiroso”.

VOU MOSTRAR NO CIDADE ALERTA SERGIPE

Também pelo whatsApp, em contatos pessoais e por telefone, Gilmar não para de ser advertido por amigos e telespectadores sobre “o que esses presos são capazes de fazer”.

“Vou repetir nesta segunda-feira, no Cidade Alerta Sergipe, a entrevista do agente e exibirei o áudio com a ameaça desses delinquentes”, disse Gilmar Carvalho a NE Notícias.

Gilmar também prestou solidariedade às mulheres dos presos: “Sei que a falta da visita íntima aumenta o sofrimento dessas mulheres, que já sentem a dor da prisão de seus entes amados que, muitas vezes, não levam em conta a vida de suas vítimas nem o amor de seus familiares”.

“Nos presídios, onde tenho mostrado diariamente que é mais fácil encontrar celular com preso do que com agente prisional, o clima é tenso e minha luta é pela busca permanente por um entendimento, não com marginais reincidentes, mas entre servidores públicos e governo, para que a paz volte a reinar nas penitenciárias”, disse Gilmar, neste domingo, 28, a NE Notícias.

“Não nasceu marginal com o poder de me acovardar”, concluiu Gilmar.

Com informações do NE Notícias

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..