fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Projeto saúde: vinte metas para ser mais saudável em 2020

Você precisa começar a mudar os hábitos alimentares, a fazer exercícios, a caminhar mais e a priorizar seu sono.

Quer investir no projeto fitness? O início do ano é o melhor período para fazer isso. Você precisa  começar a mudar os hábitos alimentares, a fazer exercícios, a caminhar mais, a evitar excesso de álcool e priorizar seu sono para conquistar uma maior qualidade de vida. Mas, as mudanças devem ser permanentes para ter bons resultados, que vão além de quilos a menos na balança.

A nutricionista Edivana Poltronieri, do 5S Estilo de Vida Saudável, preparou um guia com vinte metas para ser mais saudável em 2020.

Confira: 

1 – Beber a quantidade de água ideal

Manter-se hidratado diariamente está relacionado integralmente com um melhor funcionamento do corpo e da mente. O ideal é beber 35ml a cada kg para quem é sedentário e 70ml para quem se exercita.

 




Dica da especialista: “Para quem esquece de beber água, a dica é colocar alarmes no celular ou carregar sempre uma garrafinha para sempre lembrar de ingerir o líquido.”

2 – Consumir mais frutas e verduras

O próximo ano pode ser o momento ideal para inserir mais frutas e verduras – ricos em água e fibras que fortalecem a flora intestinal evitando diversas doenças, além de suas vitaminas e minerais que nutrem as células e evitam a tal “fome oculta”.

Dica da especialista: “Caso não seja muito fã de comer a fruta/verdura pura, comece a preparar picolés de frutas, salada de frutas, tortinhas de legumes e sucos detox com frutas, verduras e vegetais, por exemplo.”

3 – Variar os alimentos

Que tal diversificar mais o cardápio? Um novo ano é um ótimo momento para experimentar novos tipos de alimentos, inclusive aqueles que você já tentou ingerir uma vez e não gostou, porém, preparado de outra forma especial.

Dica da especialista: “Quanto mais você variar os alimentos saudáveis, mais vitaminas e minerais diferentes serão ofertadas ao corpo, o que ajudará no aceleramento do metabolismo, prevenindo doenças e ajudando no sistema imunológico!”

4 – Comer sal sem excesso de sódio

O consumo excessivo do sal pode gerar problemas de saúde como hipertensão e doenças cardiovasculares. Preste atenção no quanto de sal você coloca na sua comida e vai diminuindo aos poucos. O vilão em si não é o Sal, mas o sódio que ele carrega.

Dica da especialista: “Prepare um delicioso e saudável Sal de Ervas combinando diversas especiarias a seu gosto batidas no liquidificador com uma pitadinha de sal. Assim você realça o sabor sem precisar exagerar no sódio.”

5 – Usar o açúcar a seu favor

Assim como o sal, o açúcar pode ser um vilão da alimentação saudável e, quando ingerido em abundância, é capaz de provocar doenças como diabetes e obesidade.

Foto: reprodução.

Dica da especialista: “Diminua aos poucos a quantidade usada no café, chá e sucos. Substitua também o suco de fruta adoçado por fruta in natura. Em bolos e tortas troque o açúcar por frutas secas ou naturais e quando bater a vontade louca de comer um chocolate prefira 70% cacau.”




6 – Focar nos alimentos de verdade

Alimentos que parecem práticos para o consumo (industrializados), muitas vezes, apresentam produtos químicos artificiais e sintéticos que não contribuem com quem quer atingir o objetivo de ser mais saudável.

Dica da especialista: “Comida de verdade é o alimento que você encontra na natureza e que não foi modificado. Jogue força nele e ele jogará força e vitalidade em você!”

7 – Prestar mais atenção nas embalagens

Comece a olhar sempre nas embalagens dos alimentos os seus nutrientes e composições antes de adquiri-lo. Caso a embalagem apresente informações não tão claras, o produto certamente não é saudável.

Dica da especialista: “Para 2020 tente desembalar menos e descascar mais!”

8 – Ficar de olho nas bebidas
Essa meta vale para todas as bebidas, principalmente refrigerantes, sucos concentrados e álcool. A ingestão excessiva de bebidas industrializadas pode ajudar na obtenção e no agravamento dos problemas de saúde. Afinal, não são bebidas de verdade. Dica da especialista: “Que tal começar a saborear chás naturais e água aromatizada com frutas e ervas? Seu corpo e sua mente agradecerão.”

9 – Fazer novas amizades e cuidar das antigas

Essa meta tem tudo a ver com a era tecnológica em que estamos vivendo. Estudos apontam que manter os laços de amizade é o grande segredo da verdadeira felicidade e da longevidade.

Dica da especialista: “Desgrude menos do celular e grude mais em pessoas. Amigos que possam rir e chorar juntos, jogar conversa fora e visitar, conseguem suprir o que nenhum bem material proporciona dentro de nós.”

10. Mexer o corpo

Essa meta é comum na lista de muitas pessoas e o próximo ano pode ser o momento certo para, finalmente, dar início na prática de uma atividade física. Se você é sedentário, comece praticando pequenas caminhadas ou substituindo o elevador por escadas, por exemplo. Após 1 mês, o corpo já estará acostumado e você poderá intensificar o exercício, realizando pelo menos 15 minutos por dia. Se você já realiza algum exercício físico, que tal tentar algum esporte ou outra modalidade diferente?

Foto: reprodução

Dica da especialista: “Para quem deseja emagrecer aconselho o HIIT: rápido, completo e prazeroso. Há várias séries disponíveis no YouTube.”

11 – Desenvolver habilidades culinárias

Para ter um maior controle da sua alimentação, nada melhor do que preparar o seu próprio alimento. Desenvolver e aprimorar habilidades culinárias pode ser uma das metas para 2020, pois, além de ser um hobby que aguça a criatividade, também é uma justificativa para comer aquilo o que gosta de maneira saudável, afinal, quem escolhe os alimentos é você.

 




Dica da especialista: “Assista vídeos de culinária, adquira e-books de receitas, faça cursos rápidos, compre uma boa faca e acessórios e divirta-se criando na cozinha!”

12 – Planejar com antecedência sua semana

Faça um calendário e, nele, coloque todas as suas atividades da semana, incluindo o cardápio de alimentos, exercícios físicos, horário livres, entre outros. Nada melhor do que uma semana organizada para conseguir concluir todas as metas.

Dica da especialista: “Você pode anotar tudo em um caderno ou baixar aplicativos que te ajudem no planejamento semanal. Chega de desculpas!”

13 – Dormir mais e melhor

Pessoas que dormem pouco ou inadequadamente tendem a sofrer com o organismo desregulado e com aumento da fome, tornando-se um fator para o aumento de peso. Para manter ou chegar no peso ideal é fundamental dormir bem, por no mínimo, 8h diárias. Dica da especialista: “Evite atividades agitadas e intensas antes de dormir, assim como o celular e notícias. O quarto deve estar em escuridão e silêncio total. Tome um chá morno de maracujá com camomila. Inspire e expire lentamente e profundamente. O resultado será uma boa noite de sono”.

14 – Organizar a agenda

Selecione diariamente aquilo que é prioridade e deixe para realizar outras atividades conforme for concluindo as prioritárias. Tentar fazer tudo ao mesmo tempo só causará estresse e angústia, prejudicando a meta de se tornar uma pessoa com uma melhor qualidade de vida.

Dica da especialista: “Tome as decisões mais complexas ou difíceis sempre pela manhã onde seu cérebro ainda está cheio de energia”.

15 – Metas alcançáveis para começar

Nos primeiros meses do ano, comece com metas objetivas que serão possíveis de serem concluídas. Depois, vá aprimorando-as conforme for concluindo.Dica da especialista: “Não tente cortar todos os doces logo em janeiro ou querer correr uma maratona até fevereiro. Comece por pouco, com pequenas mudanças que se tornarão mudanças efetivas no final do ano e para toda a vida. Lembre-se: Prefira sempre o longo caminho curto do que o curto caminho longo.
Por Ibahia
COMENTE!