fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Provedores de internet de Sergipe apoiam o governo na luta contra o Covid-19, mas fazem alerta contra apagão

O G-100, grupo formado por mais de 100 Provedores de Internet de Sergipe, declara apoio ao governo do estado no combate à pandemia do COVID-19. O documento entregue ao Governador ratifica que as pessoas fiquem em casa a fim de minimizar os efeitos da pandemia, e faz um alerta importante.

Por se tratar de serviço essencial à população,os serviços de acesso a internet irão continuar sendo prestado em todo estado. Segundo Ailton Alves, membro do G-100, diversos Provedores de Internet já tem se mobilizado para capacitar suas equipes de trabalho na utilização dos EPIs e melhores práticas para que se evite ao máximo a propagação do coronavírus.

Segundo ele, as empresas têm concentrado seus esforços com toda a equipe de trabalho, a fim de que as pessoas permaneçam conectadas à internet realizando atividades em home office, aulas on-line ou simplesmente curtindo um momento de lazer com a família.

Boa parte da grande Aracaju e cidades do interior são atendidas por pequenos provedores locais. Isso porque as maiores operadoras de telecomunicações possuem cobertura de internet limitada no Estado de Sergipe.

Contudo,o G-100 faz um alerta muito importante no que diz respeito ao pagamento das mensalidades dos seus assinantes. Em Sergipe mais de 70% das conexões com a internet são efetivadas por pequenos provedores regionais. E muitos desses informaram que, diante da crise atual, já foram obrigados a demitir alguns funcionários para manter a operação em funcionamento.

Ailton Alves destaca ainda que, nesse período de quarentena, as pessoas encontram-se em suas casas conectadas ao mundo. Tal situação elevou bastante o consumo geral da internet no estado, bem como há um excesso de chamados para manutenção e suporte técnico aos usuários.




Para manter essa infraestrutura funcionando é necessário bons profissionais, veículos, combustível, material de trabalho etc. Tudo isso tem elevado os custos operacionais dos provedores de internet.

Diante do cenário atual, a categoria teme que com o aumento da inadimplência dos usuários os provedores regionais não tenham condições financeiras de manter o negócio funcionando e fechem as portas.

Alguns provedores já informaram que se não tiverem capital de giro necessário, não restará outra saída senão a falência do provedor e a desconexão de centenas de usuários. Então, com o fechamento do provedor ocorreria um apagão da internet em algumas regiões de Sergipe. Tal situação seria gravosa para a sociedade que depende desse importante serviço, sobretudo neste momento tão difícil.

O G-100 faz um apelo para que os usuários de internet realizem o pagamento das mensalidades em dia. Pois é através dessa receita que será possível manter o negócio aberto e em funcionamento, caso contrário toda a população poderá sofrer ainda mais como isolamento social.

No documento entregue, a categoria solicita apoio do Governo do Estado para que evite a falência de vários provedores de internet, ao passo que reafirma seu compromisso com a sociedade sergipana em levar conexão de internet para todos.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação

Política de Privacidade e Cookies