O ex-secretário da saúde Rogério Carvalho foi condenado em um processo por atos de improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por oito anos.

Na sentença proferida pelo juiz João Hora Neto, Rogério Carvalho também foi condenado a pagar multa no valor de R$ 200 mil.

soudesergipe-estado-rogerio-carvalho-improbabilidadeO processo está relacionado a uma ação civil movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), a qual teve por base procedimento administrativo instaurado pela promotoria especializada.

A apuração constatou irregularidades existentes nos procedimentos licitatórios e afins realizados pela Secretaria da Saúde do Estado à época sob a gestão do então secretário de saúde, Rogério Carvalho.

A nossa produção falou com a assessoria de comunicação do ex-secretário e a informação é que ele vai recorrer da decisão.

 

Deixe seu comentário abaixo

Comentários