A Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, divulgou mais informações sobre o bloqueio em setembro de TODOS os aparelhos de telefone celular irregulares no Brasil. Piratas, irregulares, “xing ling”, não importa como você se refere a eles, o fato é que os telefones móveis são considerados irregulares quando não têm IMEI válido nem foram homologados pela própria Anatel.

Muita gente ficou em dúvida. “Será que um smartphone que não é vendido oficialmente no Brasil e foi comprado pelo AliExpress ou adquirido durante uma viagem ao exterior vai operar normalmente por aqui?”.

Quais são os aparelhos piratas?

A Anatel afirma que “terminais importados, desde que tenham um IMEI válido na base de dados da GSMA, continuarão a funcionar normalmente”. A Agência reforça também que “o foco do projeto é atuar sobre os celulares de baixa qualidade que não possuem certificação em nenhum lugar do mundo, terminais falsificados e, principalmente, celulares roubados que têm o IMEI adulterado para voltar ao mercado”.

Portanto, os alvos da Anatel com essa medida não são os dispositivos importados de forma legal, mas aqueles estilo “HiPhone”, que tentam se passar por dispositivos famosos e são tão legítimos quanto uma nota de R$ 3. Esses gadgets normalmente são contrabandeados da China e atuam por aqui de maneira ilegal, criando uma espécie de concorrência desleal contra empresas que respeitam todos os procedimentos para a certificação e a comercialização de telefones móveis no Brasil.

Veja mais informações para identificar se o seu celular é pirata no site do Tecmundo.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR