fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Serei O Cabo Eleitoral Número 1 De Eduardo Amorim, afirma Sukita

O ex-prefeito de Capela, Manoel Messias Sukita informou na manhã desta segunda-feira (16) que a partir de agora estará fazendo parte do grupo de oposição ao governo de Belivaldo Chagas (PSD) e ao ex-governador Jackson Barreto (MDB).

A informação foi passada pelo ex-prefeito durante entrevista ao radialista George Magalhães, no programa jornal da FAN. Durante cerca de 40 minutos, Sukita justificou sua decisão de integrar o grupo de oposição, afirmando que “Jackson tomou o partido que eu tinha na mão e entregou a Zezeinho. Em compensação a oposição me ofereceu seis partidos”, afirmou o ex-prefeito.

Manoel Messias Sukita disse ainda que à época em que esteve preso, logo após ser solto, o ex-governador Jackson Barreto o chamou e lhe entregou cinco mil reais como forma de ajuda. “Ele pediu que eu fosse ao palácio e inclusive, coloquei o terno e fui lá com a minha mulher que ficou esperando no carro. Ai tive a surpresa quando ele me entregou uma esmola de cinco mil”, afirmou Sukita.

Ainda durante a entrevista, Sukita disse que “os políticos não apareceram para me ajudar. Eu sempre servi e nunca fui servido. Agora eu peço. Me deixem em paz”, pediu.

Ao final, o ex-prefeito afirmou que “vou defender agora quem ele (Jackson) me ensinou a odiar. Serei o cabo eleitoral número um do senador Eduardo Amorim. Se ele for candidato ao governo, ou ele ou André Moura, estarei com eles. Também quero deixar claro que hoje dirigimos o PTC em Sergipe”, informou o ex-prefeito Sukita.

Por Munir Darrage

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação