fbpx
Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Sergipe é eleito por buscador de viagens como destino nacional tendência do turismo pós-covid

Viajala.com.br escolheu Aracaju como a capital do "novo normal" e um destino recomendável para viajar no ano que vem

Sergipe é destaque na terceira edição do Barômetro Viajala, importante estudo latino-americano sobre tendências do turismo lançado anualmente pelo buscador de voos Viajala.com.br. A edição especial deste ano foi sobre os impactos da pandemia do coronavírus no setor e apontou que Aracaju pode ser a estrela nacional do turismo pós-crise, em 2021.

O estudo fez uso de um algoritmo próprio que analisou 10 milhões de buscas de voos em várias cidades da América Latina entre abril e outubro de 2020, período de isolamento social, e comparou os resultados com os mesmos meses de 2019. O objetivo é diagnosticar como a pandemia afetou o comportamento do consumidor de viagens e a flutuação de preço das passagens nas principais rotas.

O recorte nacional da análise apontou que Aracaju apresentou um aumento de 35% na procura dos viajantes brasileiros da plataforma durante a pandemia, em comparação com o mesmo período do ano passado, e registrou uma queda no preço médio de 32%. A passagem ficou ainda mais barata para quem sai do Rio de Janeiro: a queda do preço foi de 50% de um ano para o outro.

Um dos estados do Nordeste com menor número de mortes pelo Covid, junto com Piauí e Alagoas, Sergipe começou a retomada em agosto e já oferece passeios muito procurados pelos visitantes, como o Cânion do Xingó, no Rio São Francisco, e a bela Crôa do Goré, em Aracaju. Se trata de um banco de areia no meio do rio que fica visível com a maré baixa, proporcionando nos arredores um banho morno, de águas claras e calmas. Além disso, a oferta de voos para a capital sergipana está sendo restabelecida.




Segundo a Secretaria de Turismo do Estado, o turismo movimenta cerca de R$ 1,2 bilhão todos os anos em Sergipe e, antes da pandemia, o setor gerava cerca de 7 mil empregos.

“Sergipe é mais barato e menos concorrido como destino turístico que outros estados do Nordeste, ou seja, não recebe o mesmo fluxo intenso de pessoas na alta temporada que Bahia ou Ceará, e isso, no pós-pandemia, é uma grande vantagem”, comenta Josian Chevallier, VP de vendas e co-fundador do buscador Viajala. Ainda de acordo com a SETUR, a agência de viagens CVC, por exemplo, enviou em 2019 um milhão de turistas para o Ceará, 800 mil turistas para Alagoas e somente 100 mil para Sergipe.

“A Orla do Atalaia, a mais famosa da capital Aracaju, é ampla, aberta, com muito espaço, e as praias vizinhas são menos aglomeradas. Há também opções lindas fora do litoral, como o Cânion do Xingó, que ainda não atingiu status de mainstream, é uma experiência única na natureza e promove boas doses de isolamento”, conclui o executivo.

Sobre o Viajala

O Viajala ajuda a tirar a viagem do papel, comparando os preços de centenas de companhias aéreas e agências de viagem em um só lugar, para que você encontre a melhor opção de forma fácil e rápida. Você pode reservar a oferta desejada diretamente com o seu provedor, sem intermediários e sem taxas adicionais. O Viajala é um metabuscador de voos e hotéis líder na América Latina que opera atualmente no Brasil há quatro anos, além de Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México e Peru. A ferramenta compara de forma transparente mais de 100 sites de viagem mundiais e locais para ajudar os seus 3,5 milhões de usuários mensais a escolher o melhor voo ou hotel. O Viajala recebeu financiamentos de Start-Up Chile, Ruta N, Socialatom Ventures, Grupo Telefónica (através da Wayra) e Altabix, filial do grupo hoteleiro mexicano City Express.

COMENTE!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação