Portal Sou de Sergipe
O portal do Sergipano

Servidor que havia sido acusado pelo MPF pede desligamento do gabinete de Alessandro Vieira

O senador Alessandro Vieira emitiu nota informando que o servidor que foi alvo de uma ação penal que prescreveu, pediu desligamento do cargo após repercussão  negativa na imprensa sergipana.

Como foi veiculado na coluna Panorama Político, Demitrius foi acusado pelo MPF de integrar uma quadrilha que desviou 36,8 milhões através de fraudes em licitações e estava como subchefe no gabinete do senador sergipano.

Em nota, o senador confirmou que o servidor havia sido aprovado em processo seletivo, mas que não foi encontrado quaisquer conduta que colocasse em dúvida sua idoneidade.

Confira a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

O servidor público concursado Dimitrius Hadjinicolaou apresentou nesta sexta, 29, pedido de desligamento do cargo de subchefe de gabinete do senador Alessandro Vieira.

Dimmitrius foi integrado à equipe por meio de processo seletivo, apresentando currículo acadêmico e profissional compatível com a necessidade do cargo preenchido. Na ocasião, não foi identificado nenhum tipo de restrição ao servidor, conforme certidões juntadas ao processo de nomeação.

Todavia, diante de notícia veiculada na imprensa sobre denúncia contra o servidor, envolvendo fatos ocorridos há mais de dez anos e já prescritos pela Justiça, Dimmitrius decidiu afastar-se do gabinete, preservando o senador de quaisquer ilações que porventura sejam feitas sobre o parlamentar.

Como funcionário concursado do Senado, Dimmitrius deverá ser realocado em outro setor da Casa, sem ônus financeiro. Durante o período que permaneceu na equipe do senador Alessandro Vieira, nada foi constatado que desabonasse a conduta do servidor.

Welder Ban | Panorama Político

Uma análise da política sergipana como ela deve ser: sem censura!

COMENTE!