Pernambuco registrou mais uma morte por causa das chuvas que caíram neste fim de semana no estado. Um menino de 3 anos afogou-se em um barreiro perto de sua casa. Com isso, subiu para três o número de mortos. No domingo (28), um casal morreu soterrado em Lagoa dos Gatos.

Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), há 27 mil desabrigados e desalojados na Zona da Mata Sul e Agreste pernambucanos.

Duas pessoas estão desaparecidas em Caruaru. Na noite de sábado, uma mulher foi arrastada pelas águas dentro do carro e um homem foi levado pela enxurrada ao tentar desobstruir uma passagem, na estrada de Lagoa da Pedra, na zona rural. As informações são da Defesa Civil do município. Até a publicação desta reportagem, não havia novidades sobre as buscas.

Nesta manhã, o governo decretou estado de calamidade pública em 14 municípios – a decisão foi publicada em edicação extra do Diário Oficial do Estado. Os municípios são Água Preta, Amaraji, Barra de Guabiraba, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Cortês, Gameleira, Jaqueira, Maraial, Palmares, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul. O motivo são as enxurradas e inundações bruscas que vêm ocorrendo por causa das chuvas. A cidade de Caruaru solicitou o reconhecimento da situação de calamidade e aguarda retorno do governo estadual.

Hoje (29), a Zona da Mata Sul e a Região Metropolitana do Recife continuam com chuva, embora em menor intensidade, segundo boletim divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima. No Agreste de Pernambuco, o tempo fica nublado e pode cair uma chuva fraca, mas sem registro de temporal.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR
Músico,Jornalista, Repórter do Programa Voz da Cidadania..