Dois homens foram presos na noite do último sábado, 16, por não pagarem a passagem do transporte coletivo e ameaçarem de morte o motorista. A dupla estava a caminho do show de Wesley Safadão, que ocorreu na zona sul de Aracaju. De acordo com o delegado Leógenes Corrêa um deles chorou ao saber que não poderia mais ir ao evento.

Os presos, de 19 e 21 anos, entraram no ônibus que faz a linha 002 – Fernando Collor/DIA, pularam a catraca, xingaram e ameaçaram o motorista por não ter parado em outro ponto para que um terceiro comparsa subisse. De acordo com o delegado, os acusados afirmaram que não queriam pagar a passagem – que custa R$ 3,50 – para beberam mais na festa. O homem de 19 anos estava com R$ 65 e o de 21, com R$ 40. Ambos já possuíam os ingressos para o show. Ao saber que ficaria preso e não iria para o evento, o jovem de 21 anos chorou.

Segundo o delegado, as penas para esse tipo de crime podem chegar a 2 anos e 8 meses de prisão. “Eles foram indiciados pelos crimes de atentado contra o transporte público, ameaça, e o de fraude no pagamento de transporte, previstos respectivamente nos artigos 262, 147 e 176 do Código Penal, e as penas somadas podem chegar a 2 anos e 8 meses”, disse.

De acordo com Leógenes Corrêa, atentado contra transporte público é grave. “É grave quem atenta contra o transporte público impedindo ou dificultando o seu funcionamento, vez que atenta contra uma coletividade, e neste caso além das 20 famílias que ficaram sem o transporte e tiveram que descer do ônibus na porta da Delegacia, a comunidade ficou sem os serviços da linha Fernando Collor/DIA”, ressaltou.

Dupla pulou catraca e ameaçou motorista
(Foto: Polícia Civil).

Os acusados foram presos em flagrante e se encontram à disposição da justiça na carceragem da Delegacia Plantonista Norte.

Deixe seu comentário abaixo

Comentários

COMPARTILHAR